A Sony participou de um evento de investidores no Japão recentemente, apontando análises para cobrir diversos pontos da fabricante internacional.

No evento, a Sony compartilhou algumas observações interessantes sobre seu desempenho em vendas regionais e informou que pretende “desfocar” alguns mercados que incluem a Índia, os EUA, a China e o Brasil. Isso se deve ao baixo crescimento da fabricante no setor ano passado, onde esperava um crescimento de 8,1% e só obteve apenas 0,3%.

Isso não significa necessariamente que a Sony irá sair destes mercados, mas implica numa redução drástica de esforços tanto no marketing quanto em levar os mais diversos lançamentos. No Brasil a Sony já informou que não irá fabricar seus aparelhos em solo nacional e que todos os novos lançamentos virão sob importação.

A probabilidade é que o foco da empresa seja movido em direção ao leste asiático (incluindo o Japão), o Oriente Médio e a Europa. Outro ponto importante é que a Sony irá atrás, a partir de agora, de um segmento mais premium, voltado aos aparelhos topos de linha.

A Sony informa que esta ação se deve a ter apenas 10 grandes fabricantes que investem neste segmento, ao contrário dos aparelhos de médio e baixo custo. Porém a Sony precisará se esforçar muito para competir com empresas como Samsung e Apple, onde as duas detém as maiores parcelas de vendas neste segmento.

VIAGSM Arena
COMPARTILHE
Ex-estudante de Educação Física. Abandonei a carreira de professor de Educação Física para entrar de vez no mundo dos Gadgets com o Tudo em Tecnologia. Seja bem-vindo ao Tt!

Deixe uma resposta