Realmente quanto mais usado o sistema operacional mais os hackers e crackers passam a prestar atenção no mesmo, e assim são desenvolvidos milhares de novos vírus e malwares em geral para o OS popular como é o caso do Windows e Android.

Só no ano passado, mais de 143.210 arquivos maliciosos foram descobertos para  plataformas móveis, sendo que 98% foram só para Android pela sua grande popularidade.

A Kaspersky resolveu dar algumas dicas de como saber se seu dispositivo Android possui algum tipo de infecção, seguindo os passos abaixo:

  1. Se muitos anúncios surgem aparentemente do nada e em popups, incluindo redirecionamento de páginas, pode ser algum adware agindo.
  2. Se você perceber sua rede de dados tendo um consumo maior que o normal, fique atento, já  que certos malwares se conectam a sites e baixam arquivos sem o usuário saber.
  3. Alguns malwares mandam SMS e fazem ligações automaticamente e é descontado no saldo do smartphone, caso você repare cobranças indevidas, há algo errado.
  4. Andou mexendo em seu dispositivo e viu algum programa que você não instalou, procure pesquisar sobre ele, que com certeza algum arquivo malicioso o instalou.
  5. Fique de olho nas permissões de um aplicativo antes de instalar, se ele pedir certas permissões e cobranças, perceba que trata-se de algum malware.
  6. Sempre que ver algum tipo de compartilhamento que não foi feito por você principalmente em redes sociais, desconfie de algo fora do normal.
  7. Cobranças indevidas de um programa para desbloqueio do smartphone, é obra de um malware.

A mais importante de todas a dicas é sempre ter um bom antivírus em seu smartphone, uma boa opção é o Avast, entretanto a Kaspersky também possui um excelente protetor gratuíto.

Via: Kaspersky Lab

1 COMENTÁRIO

  1. Meu motox fica aparecende constantemente ( “VIVO CHIP Vivo agenda: A copia de segurança de sua agenda esta desatualizada há 30 dias, clique OK para atualiza-la agora p/ apenas R$ 1,00”) O que devo fazer?

Deixe uma resposta