A Apple vendeu mais de 5 milhões de unidades do iPhone 5. Apesar deste volume ser o recorde de vendas em lançamentos do iPhone, ele está abaixo do que os analistam esperavam que vendesse no primeiros dias, cerca de 8 milhões de unidades, o dobro de vendas em comparação ao lançamento do iPhone 4S. Devido a problemas na fabricação dos aparelhos, não estão conseguindo acompanhar a demanda e como consequencia. as vendas tiveram uma leve desaceleração. Tamanha era a expectativa dos investidores que as ações da empresa caíram cerca de 1,58%.

Tim Cook, diretor executivo da Apple, disse em um comunicado que a empresa está trabalhando muito para colocar um iPhone 5 nas mãos de cada consumidor, o mais rápido possível. Ele  disse também que os estoques iniciais se esgotaram, mas as lojas irão receber o produto normalmente e os interessados poderão continuar as encomendas online.

As vendas foram realizadas em 9 países, 2 a mais que no lançamento do iPhone 4S. Na sexta-feira (28/set) a Apple pretende lançar o iPhone 5 em mais 22 países. Infelizmente o Brasil não está na lista para este segundo lançamento. A expectativa é de que seja lançado aqui entre o final de outubro e começo de novembro. Rumores dizem que as primeiras unidades vendidas no país poderão ser importadas, e somente depois as versões fabricadas no Brasil, serão vendidas. Devido aos problemas que a Apple vem enfrentando, é possível que a data de lançamento seja extendida. A projeção é de que sejam vendidos mais de 138 milhões de unindades até o final de 2012.

Fora os problemas de produção, a Apple está recebendo duras críticas por ter substituído seu aplicativo de mapas da Google por um programa próprio, que contém muitos erros. Eric Schmidt, da Google, declarou que a decisão de voltar a utilizar o Google Maps está nas mãos da Apple e que depende somente da gigante de Cupertino.

Fonte : Exame 

Deixe uma resposta