A AMD apresentou hoje o seu mais novo processador, o Z-60, codinome “Hondo”. Se trata de uma APU voltada para tablets.

O Z-60 é um processador dual core, seu clock é de 1GHz, cache L2 de 1MB e suporte a USB 3.0. Possui como controladora gráfica a Radeon HD 6250 com 80 núcleos. Pasmem, a AMD afirmou que será possível rodar o Call of Duty: Modern Warfare 2 nesta APU com 30 fps (resolução 1024×768). A controladora gráfica também suporta resolução FullHD, saída HDMI para dispositivo externo e DirectX 11.

A finalidade deste processador é ser equipado em tablets, possui uma TDP de 4.5W, a menor entre os chips da AMD. A autonomia em uma bateria de 30Wh, segundo a AMD, é de cerca de 6 horas de reprodução contínua de vídeo em 720p H.264 e com o brilho da tela em 60 nits. O problema é que 60 nits equivale a aproximadamente 20 a 30% de brilho, e eis o ponto fraco deste APU, sua autonomia.

O seu principal rival, o Intel Clover Trail, que será equipado nos slates que rodarão o Windows 8, tem uma autonomia, na mesma bateria de 30Wh, de 10 horas de reprodução de vídeo com um brilho de 200 nits.  Em stand by a AMD promete 2 semanas, enquanto o Clover Trail aguenta 3 semanas, já dá para se ter uma noção baseado nestes números.

 A AMD pode estar no caminho certo, com maior potência de processamento e melhor desempenho gráfico, o ponto decisivo para o sucesso será o preço dos slates equipados com o Hondo.

Antes disso, ainda há uma enorme barreira pela frente. Enquanto a Intel já anunciou 20 modelos que serão lançados com o Clover Trail, a AMD não conseguiu convencer ainda nenhuma OEM para utilizar o seu processador. Apenas declarou que podemos esperar o lançamento dos dispositivos com o Z-60 para a época do lançamento do Windows 8. Não há ainda nenhuma informação de valores do AMD Z-60.

Agora sim a temperatura vai esquentar, mas no bom sentido. Com a AMD na briga, podemos esperar um grande aquecimento do mercado com fortes disputas de preço. Assim como as APUs nos notebooks possuem um ótimo custo benefício, estes tablets equipados com o Hondo serão uma maneira da AMD conquistar o mercado de tablets. Para aqueles que querem mais processamento e desempenho gráfico, e não se incomodam tanto com a autonomia do dispositivo, esse é o processador que você estava esperando.

Fonte: AMD

Deixe uma resposta