O site Android Central resolveu por a prova a autonomia da bateria de 2.300 mAh do novo Nexus 5, que de acordo com notícias recentes, usa nova tecnologia do chip Qualcomm que promete aumentar a utilização da bateria em até 25%, também ajudando no aumento da vida útil da mesma.

Conhecido como Envelope Tracker, a novidade consiste em utilizar a energia que alimenta o aparelho para melhorar o sinal do 4G (que é a rede de dados que mais gasta bateria de aparelhos atualmente), dissipando o calor gerado em 30% e aumentando o tempo da bateria em 20%.

Voltando ao teste, os responsáveis pelo site simplesmente manejaram o aparelho durante um dia inteiro com o uso de aplicações pesadas e medianas com programas como navegador e redes sociais utilizando o wi-fi e até o 3G, também foi utilizado a câmera, telefonemas, músicas em streaming, enfim tudo o que se emprega normalmente a fim de saber no mundo real o uso do Nexus 5. Após tudo isso conseguiram uma faixa de 12 horas de uso.

9 horas 12 horas

Com essas avaliações feitas, o Android Central chegou a conclusão que a bateria tem boa autonomia, ficando no nível mediano, ou seja, nem foi uma surpresa positiva, mas também não foi negativo. No fim disseram que outros testes continuarão sendo feitos a fim de se ter um veredito completo sobre o novo aparelho da Google.

Via: Android Central, Gigaon

1 COMENTÁRIO

  1. O fato é que a tecnologia das baterias não evoluíram na mesma velocidade dos hardwares dos Smartphones atualmente e o resultado é isso: no máximo entre 1 e 1 dia e meio na carga da bateria. Infelizmente.

Deixe uma resposta