Divisão de TVs da Sony vira uma empresa a parte e divisão de PCs é vendida

O Japan Industrial Partners (JIP) foi o comprador de uma das divisões mais conhecidas divisões da Sony, e talvez uma das que mais deram dor de cabeça aos empresários da empresa que há cinco anos não rendia lucros, a VAIO. Responsável pelos notebooks e todos os PCs produzidos pela empresa, a venda marca um ponto crucial na vida da Sony, aonde o design de seus notebooks eram incontestáveis que fez até mesmo Steve Jobs tentar um acordo com a empresa para que ela produzisse notebooks rodando o sistema operacional Mac.

Com a venda da VAIO, 5.000 funcionários em todo mundo serão demitidos, sendo que 1.500 destes são do Japão, mas o grupo que comprou a VAIO se compromete a assegurar todos os dispositivos da linha com as atuais garantias correntes. A decisão da venda foi, como já era de se esperar, para focar em divisões da empresa que ainda se mantém rentáveis, como as divisões de smartphones, tablets e a própria PlayStation.

Já com sua divisão responsável pelas TVs Bravia, a história foi um pouco diferente, a Sony não pretende vende-lá, mas a transformou em uma empresa a parte que deverá lidar com uma queda de US$ 246 milhões, devido aos altos custos na fabricação e a dificuldade de venda em países em ascensão econômica.

Fonte: Sony

Você vai gostar

Deixe uma resposta

Close
Close