EUA espionavam secretamente 50 mil redes no mundo

Edward Snowden, um ex-funcionário da NSA (Agência de Segurança Nacional, dos Estados Unidos), divulgou uma apresentação para o nrc.nl mostrando que a agência desenvolveu uma forma de  infectar mais de 50 mil redes para espionar várias pessoas. A GCHQ, uma agência britânica de inteligência, estava gerenciando o malware para minar informações, se infiltrando por meio de uma página falsa no Linkedin.

A técnica utilizada foi a Computer Network Exploitation de uma forma global e só foi descoberta em Setembro, dentro de uma operadora da Bélgica.

Fonte da imagem: Reprodução/Info Abril

Você vai gostar

Deixe uma resposta

Fechar
Fechar