Finalmente, após tantos vazamentos e rumores, o Gionee M2017 foi apresentado ao público. Para quem não lembra, o smartphone ficou famoso na internet devido ao vazamento da sua espantosa e enorme bateria de incríveis 7.000mAh.

Um ponto que não havia sido revelado anteriormente é que o aparelho conta com duas baterias de 3.500mAh ao invés de apenas uma de 7.000mAh. Talvez o motivo de duas baterias tenha sido devido à segurança, já que uma enorme de 7.000mAh poderia se tornar instável para um aparelho tão pequeno e apertado.

O fato é que esse aparelho é para quem precisa de muita energia ou pensa em ficar dias longe da tomada, ideal para trabalho e viagens.

Já em relação às demais especificações técnicas, o M2017 conta com uma tela de 5,7 polegadas com resolução QHD 1440p, processador Snapdragon 653 e 6GB de memória RAM. No quesito armazenamento interno o smartphone conta com duas variantes, sendo uma com 128GB e outra com 256GB, sem a possibilidade de expansão por microSD.

Um ponto que merece destaque é que, mesmo com medidas grandes e pesando tanto (são 238 gramas), o M2017 não possui conector 3,5mm para fones de ouvido, o que pode afastar diversos consumidores amantes de música e que não estão dispostos a investir em fones bluetooth.

Em termos fotográficos, o smartphone conta com duas câmeras na parte traseira, sendo uma de 12 megapixels e outra de 13 megapixels, além de uma frontal de 8 megapixels. Para completar seus atributos técnicos, o M2017 também conta com um leitor de impressões digitais na parte frontal e sai de fábrica rodando o Android 6.0 Marshmallow.

O Gionee M2017 chega ao mercado chinês custando US$ 1.010 (aproximadamente R$ 3.316 sem impostos) para a versão de 128GB. O modelo mais premium, com 256GB e corpo revestido de couro de jacaré italiano, chega custando espantosos US$ 2.446 (aproximadamente R$ 8.032 sem impostos). Ainda não há informações sobre a disponibilização em outros mercados.

Deixe uma resposta