Imagens vazadas recentemente nos dão uma prévia de como o scanner de íris do Galaxy Note 7 irá funcionar. A tela de bloqueio do aparelho exibirá a imagem da câmera frontal e será solicitado ao usuário que posicione os seus olhos nos dois círculos em destaque, com uma distância entre 25 e 35 centímetros para que, presumivelmente, o aparelho seja desbloqueado.

Ainda não está bem claro se o processo será prático ou quanto tempo levará para que a íris seja reconhecida e o desbloqueio seja realizado, nem tampouco se existem quaisquer requisitos como intensidade ou ausência de luz ou se o scanner eliminará obstáculos como lentes de contatos ou óculos.

De acordo com uma patente vazada, o sistema de reconhecimento de íris utiliza três lentes para captar a imagem e, em seguida, verifica a íris do usuário com base na imagem gerada, bem como outras informações. Essas informações também incluirão imagens do rosto do usuário para identificação adicional.

Samsung-Galaxy-Note-7-iris-scanner-patent

“A primeira lente incluirá duas lentes de ângulo estreito, tendo estreitos ângulos de visualização para expandir e capturar imagens da região dos olhos do usuário. A segunda lente incluirá uma lente grande-angular, tendo um ângulo de visualização amplo para capturar a imagem do rosto do usuário. A primeira lente possuirá zoom enquanto a segunda será uma lente de distância focal curta (macro).”

GALAXY NOTE 7 SERÁ LANÇADO NO RIO EM EVENTO DA SAMSUNG

OPINIÃO: Aparentemente, o uso desse tipo de desbloqueio será semelhante ao “Detecção de rosto”, que já vem por padrão nas configurações de segurança do Android, tendo a mesma “praticidade” no uso diário, onde a precisão e o tempo de desbloqueio serão inferiores ao dos leitores de digitais atuais.

O Galaxy Note 7 será lançado no dia 02 de agosto às 12h (meio dia), no Rio de Janeiro.

 

VIAAndroid Authority
COMPARTILHE

Deixe uma resposta