Modelo tem configuração e recursos impecáveis, porém, será que todos esses recursos serão totalmente funcionais no Brasil? Já é sabido que a infraestrutura móvel por aqui é muito inferior se comparada com a de outros países, mas vamos ver abaixo a resposta…

Tecnologia 4G

Novidade não é, até porque no Brasil já há um modelo com a tecnologia (Motorola Razr HD), porém, mesmo sendo a “novidade” do iPhone 5, a tecnologia não funcionará no Brasil.

Isso porque o chip 4G que equipa o iPhone 5 é compatível com conexões de 700Mhz a 2100Mhz, mas no Brasil, a conexão será de 2,5Ghz, assim, o 4G do iPhone 5 não funcionará no Brasil. Isso não impede de usar o 3G (e 3G+) porém, a principal “novidade” do aparelho não ficará funcional.

NanoSIM

Por ser mais fino, o iphone 5 usa um tipo de chip SIM diferente dos demais aparelhos da linha (usam o microSIM). Denominado nanoSIM, o chip estará disponível dia 15/09/12 na Vivo e na Tim, estará disponível antes mesmo do lançamento na operadora.

Este item chamou a atenção por ser uma tecnologia nunca antes usada no país, porém, para a Apple, tudo funcionará normalmente quanto a isso.

Mapas&Trânsito

A conectividade do iPhone 5 está marcada pelo uso intensivo do GPS, da Internet e das outras conexões do aparelho, que foram muito bem trabalhadas pelo iOS 6. Mas o funcionamento de todas essas funcionalidades está baseado em uma lista que a Apple divulgou durante o lançamento do modelo: o Brasil não está entre os países compatíveis com os recursos de localização, mapas, trânsito e navegação guiada.

Ou seja, todos os recursos que são “as maiores coisas que aconteceram ao iPhone desde o iPhone” estarão limitadíssimos no Brasil, deste modo, não funcionarão de modo completo.

Siri

A Siri ainda não reconhece português, mas mesmo assim, as novas funcionalidades da tecnologia, como indicações de cinemas, resultados dos jogos ou disponibilidade de mesas em restaurantes estarão limitados à apenas 15 países no mundo, por enquanto.

1 COMMENT

Deixe uma resposta