Finalmente, depois de tantas especulações e vazamentos, a LeEco apresentou o Le Pro 3 oficialmente como seu mais novo carro-chefe.

As configurações são bem interessantes, principalmente se levarmos o seu preço em consideração. O Le Pro 3 vem com uma tela de 5,5 polegadas com resolução FullHD 1080 com tecnologia IPS e acabamento em 2.5D aliada a um corpo inteiramente de metal com acabamento escovado.

Seu processador é um poderoso Snapdragon 821 de quatro núcleos a 2.35GHz e GPU Adreno 530. Quanto a memória, o dispositivo apresenta algumas variantes que podem ter entre 4GB e 6GB. A lista completa inclui:

  • 4GB de RAM + 32GB de armazenamento
  • 4GB de RAM + 64GB de armazenamento
  • 6GB de RAM + 64GB de armazenamento
  • 6GB de RAM + 128GB de armazenamento

Na parte fotográfica, o Le Pro 3 apresenta uma câmera traseira de 16MP com recursos como maior nitidez, modo de embelezamento, reconhecimento de gênero e foco ultrarrápido de apenas 0.1 segundo. Já a câmera frontal possui 8MP.

Para aguentar todo o poder de fogo do aparelho, há uma bateria de 4070mAh compatível com QuickCharge 2.0, indo de 0 a 50% em 30 minutos (é como se um iPhone fosse carregado de 0 a 100% em menos de meia hora).

Completando o pacote, ainda há um leitor de impressões digitais na parte traseira do smartphone e conexão USB Type-C. Seguindo o mercado já adotado pela Motorola e pela Apple, o Le Pro 3, infelizmente, não vem com conector para fones de ouvido 3,5mm. A versão do Android embarcada no dispositivo é a 6.0 Marshmallow modificada pela EUI 5.8.

As opções de cores disponíveis são Silver, Gray, Rose Gold e Gold. Já em questão de valores, o preço varia de acordo com a variante, confira: (valores em reais são sem impostos e taxas)

  1. 4GB/32GB = CNY 1799 (R$ 880)
  2. 4GB/64GB = CNY 1999 (R$ 978)
  3. 6GB/64GB = CNY 2499 (R$ 1223)
  4. 6GB/128GB = CNY 2999 (R$ 1467)

As pré-vendas já foram iniciadas, porém ainda não há informações de uma data concreta para o início dos envios e das vendas. Também não há informações sobre quais mercados o receberão, mas é praticamente certeiro do Brasil não estar no meio.

 

2 COMENTÁRIOS

  1. So uma observação : a LEeco foi uma das pioneiras no padrão TYPe C , antes mesmo da Apple . todos deveriam usar APPLE como parametros de inovação . Ela sempre copia e lança primeiro . Vide o modelo do seus aparelhos que foram copiados da HTC pouco antes do lançamento e ate hgoje o processo por plagio transita na justiçaa contra Apple

    • So uma observação : a LEeco foi uma das pioneiras no padrão TYPe C , antes mesmo da Apple . todos deveriam PARAR de usar APPLE como parametros de inovação . Ela sempre copia e lança primeiro . Vide o modelo do seus aparelhos que foram copiados da HTC pouco antes do lançamento e ate hgoje o processo por plagio transita na justiçaa contra Apple

Deixe uma resposta