A Motorola foi uma das fabricantes que mais cresceram no Brasil de 2013 até 2015 com seus ótimos aparelhos e tendo um público fiel, graças as rápidas atualizações de seus aparelhos. Porém para quem não se lembra, o Google vendeu a empresa para a chinesa Lenovo no início de 2014 e agora dois anos depois, é o fim da marca Motorola nos smartphones.

Segundo entrevista dada exclusiva a CNET, o COO da Motorola afirmou: “Vamos eliminar lentamente a Motorola e se concentrar em Moto”, disse Rick Osterloh. O nome Moto vai continuar, porém deverá ter estampado o nome da marca chinesa Lenovo e não mais Motorola.

É preciso informar que Motorola Mobility não irá acabar, ela continuará a fazer parte da Lenovo, mas os smartphones terão agora duas linhas globalmente, a Moto e a Vibe, sendo o primeiro para aparelhos tops e o segundo intermediários e de entrada. E é bem provável que tenhamos o nome Moto by Lenovo nos aparelhos.

Lenovo Vibe

A Lenovo não tem um nome forte no mercado de smartphones no ocidente, porém certamente vai aproveitar o nome forte Moto para se estabelecer por aqui.

Agora só nos resta aguardar para ver se essa aposta de risco irá fazer sucesso ou será um desastre.

TUDO SOBRE O LENOVO VIBE A7010

VIAPhone Arena
FONTECNET
COMPARTILHE
Ex-estudante de Educação Física. Abandonei a carreira de professor de Educação Física para entrar de vez no mundo dos Gadgets com o Tudo em Tecnologia. Seja bem-vindo ao Tt!

2 COMENTÁRIOS

  1. Na verdade, acho que já é um desastre. A linha ganhou o mercado quando lançou o moto G com um preço acessível. Mas agr com o moto g 3 com esse preço perdeu todo mérito que tinha. Acho que não vale mais o investimento, pelo menos, não no moto g. :/

Deixe uma resposta