Após os vazamentos e especulações, finalmente a Motorola lançou os aparelhos Moto Z e Moto Z Force no evento Tech World. Desde os vazamentos e com a confirmação dos aparelhos, começamos a acreditar que a linha Z iria substituir a linha X. Porém a Lenovo/Motorola emitiu um comunicado para esclarecer que isto não é verídico. Assim, para os fãs da linha Moto X, outros melhoramentos poderiam muito bem estar nos planos da empresa.

MOTO-HP-X-CAROUSEL-CARD-1x2sefru44ghn6rm37bsnyaoxc3fsi0d27qh8sg3f378i3ay9

As primeiras impressões que os dois aparelhos modulares causaram são muito positivas. Embora muito semelhantes, o modelo Force recebeu alguns extras, tais como uma bateria maior e uma câmera um pouco melhor. Os aparelhos são muito elegantes e bonitos, porém o Moto Z chama muita atenção para a sua espessura finíssima. No entanto, com uma tela de 5,5” 2K, 4GB de RAM, um chip Snapdragon 820 e ainda mais todo o resto… é questionável se uma bateria de 2600mAh será suficiente para manter toda essa potência.

Mesmo com todo esse poder da linha Z, o Moto X pode não estar completamente morto, de acordo com um comunicado emitido para o pessoal do Android Police:

“O Moto X está vivo e bem, o Moto X Force, que foi lançado recentemente em vários mercados no mundo todo, mostra isso. As linhas X e Z podem compartilhar grandes qualidades, mas proporcionam experiências diferentes e farão o nosso portfólio mais robusto para os consumidores que procuram o smartphone perfeito para atender suas necessidades. Os consumidores mais tradicionais continuarão na linha X, enquanto os mais ávidos por tecnologia encontrarão um novo conjunto de experiências na linha Z e nos Moto Mods.”

Claro, a Motorola não matará a linha X até que os modelos Moto Z e o Z Force mostrem a que vieram. Com a marca Moto X tendo ganho muito respeito por toda a comunidade tecnológica ao longo dos últimos três anos, matá-la completamente não faria sentido nesse momento.

O Moto Z e o Moto X são diferentes em vários aspectos, mas passam a sensação de serem a linha premium da fabricante. Assim, apesar da declaração, os novos aparelhos da linha Z ainda podem substituir a linha X.

motox-plus-story-pureandroid-BRPT292wkb0u

E o que você acha? A Motorola deveria matar logo a linha X e manter todo o foco na linha Z ou manter ambas, sendo cada uma com o seu foco diferente?

Deixe uma resposta