Nesta quarta-feira (dia 18) a polícia federal prendeu um casal da cidade de Cerquilho no interior do estado de São Paulo, que são apontados por administrar o site de filmes piratas chamado Mega Filmes HD (considerado o maior da América Latina nesse ramo de atividade), onde é possível assistir filmes, séries e documentários gratuitamente e os direitos autorais não são pagos a seus detentores.

De acordo com a Polícia Federal da cidade de Sorocaba, a operação “Barba Negra” descobriu que o casal e mais cinco pessoas dispunham de um acervo de 150 mil vídeos e alguns ficavam disponíveis mesmo antes de serem estreados oficialmente.

A média de visitas que o site obteve nos seis primeiros meses do ano de 2015 foi de mais ou menos 60 milhões de pessoas por mês e isso acarretava em um lucro por volta de R$ 70.000 mensais pela quantidade de publicidades geradas (o visitante precisava clicar em três anúncios pelo menos, resultando em ganho para o site).

O site ainda se encontra disponível, mas tem um prazo de até cinco dias para ser retirado do ar.

Os sete suspeitos tiveram suas contas bloqueadas pela Justiça e serão indiciados por crimes de constituição de organização criminosa (pena de três a oito anos de prisão e multa) e violação de direitos autorais (pena de dois a quatro anos de prisão e multa).

Fonte: G1

COMPARTILHE
Cursando Engenharia Mecânica, me encontro 4º ano, sempre apaixonado por tecnologia desde criança, este mundo sempre me fascinou e com toda a certeza continua fascinando.

Deixe uma resposta