Mi Note 3: o Xiaomi mais completo que testei

Quando a Xiaomi anunciou o Mi Note 3 frustrou um pouco, principalmente por abrir mão da tela curva e chipset top. Agora o novo modelo é flat e chipset de intermediário premium, o Snapdragon 660 e não o 835 do Mi 6 que já testei.

Mas após passar vários dias analisando o Mi Note 3, vou deixar as primeiras impressões enquanto termino o review completo e confesso, ele surpreendeu positivamente, mostrando que nem sempre é necessário o melhor chipset para entregar melhor experiência de uso.

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS:

  • CHIPSET: Snapdragon 660 64-bit
  • PROCESSADOR: Octa-core de até 2.2 GHz
  • GPU: Adreno 512
  • MEMÓRIA RAM: 6 GB
  • MEMÓRIA INTERNA: 64 ou 128 GB (não expansível)
  • CÂMERAS: Dual 12 megapixels com flash LED e frontal com 16 MP
  • TELA: 5.5″ IPS com resolução Full HD
  • BATERIA: 3500 mAh
  • DIMENSÕES: 15.2 cm x 7,4 cm x 7.6 mm (A x L x E)
  • CONEXÕES: WiFi AC, Bluetooth 5.0, USB Tipo-C, Infravermelho, NFC, 4G LTE
  • SISTEMA: Android 7.1 Nougat (MIUI 9)

SAIBA ONDE COMPRAR O MI NOTE 3 AQUI


PRIMEIRAS IMPRESSÕES

O QUE EU GOSTEI

DESEMPENHO: A surpresa foi grande, pois na prática não percebi diferenças no uso no dia a dia entre o Mi 6 com o Snapdragon 835 e o Mi Note 3 com o Snapdragon 660, então ele se mostrou mais que suficiente para empurrar forte o aparelho, inclusive no multitarefa melhor, conseguindo 25 apps abertos sem reiniciar nenhum deles. Cheguei aos 30 apps, porém nesse caso já reiniciou apps do sistema, como configuração, mensagens. Em resumo, é um foguetinho!

BATERIA: A bateria é simplesmente excelente! Com capacidade de 3500 mAh, o Mi Note 3 conseguiu quase 2 dias longe da tomada e com autonomia de 8 horas e 25 minutos de tela! Se focar no baixo consumo, é possível chegar a 9 horas ou até mais de tela, o que certamente é um número bem acima da média.

CÂMERA FRONTAL: O sensor frontal de 16 megapixels do Mi Note 3 se mostrou excelente! Com efeito de embelezamento mais suave, as selfies ficam ótimas, com boa qualidade de detalhes. Realmente está acima da média! A câmera traseira estou efetuando mais testes para ter uma posição, mas a frontal já tenho, é muito boa!

LEITOR BIOMÉTRICO: O leitor biométrico é muito rápido e eficiente. E o melhor, está na parte frontal do smartphone, muito mais prático.

O QUE EU NÃO GOSTEI

DESIGN SEM CRIATIVIDADE: Não é que ele seja feio, pelo contrário, é um smartphone bonito, mas não passa de um Mi 6 grande! Então ele está mais para um Mi 6 Plus que de fato um smartphone diferente. Antes a Xiaomi tinha a versão Plus do flagship, esse ano eles na teoria não fizeram, mas na prática o Mi Note 3 ocupa esse lugar.

NÃO VEM COM ROM GLOBAL: O Mi Note 3 já tem ROM Global, mas nossa versão chegou com a MIUI Chinesa, que apesar de ser fácil instalar a Play Store, só tem idioma inglês ou chinês. É claro que é possível instalar a ROM Global, porém seria mais prático já vir com ela.


Essas são as minhas primeiras impressões do Mi Note 3. Estou passando mais alguns dias com o aparelho e vou fazer testes mais profundos para fazer a análise completa em breve.

Você vai gostar

Deixe uma resposta

Fechar
Fechar