Novo Processador Samsung Exynos 5 Octa 5420

O novo Exynos 5 Octa SoC 5420 faz parte da 2ª geração de processadores octa da Samsung e virá com uma nova CPU quad-core Cortex-A15 com o clock trabalhando a 1.8GHz (Cortex-A15 1.6GHz na 1ª geração) e outra CPU quad-core Cortex-A7 trabalhando a 1.3GHz (Cortex-A7 1.2GHz na 1ª geração).

Sua maior mudança foi na GPU, já que na 1ª geração era uma PowerVR SGX544MP3 de três núcleos, sendo o novo Exynos 5 equipado com uma ARM Mali-T628 de seis núcleos que suportará OpenGL® ES 3.0 e Open CL 1.1, prometendo assim o dobro de potência da GPU da 1ª geração.

O novo Exynos 5 5420 suportará resoluções de tela de 2500×1600, gravação e reprodução de vídeo Full HD (1080p) a 60 quadros por segundo e largura de banda de memória a a 14,9 GBPS com dual channel  LPDDR3 em 933MHz . A previsão para a produção em massa do novo Exynos 5 5420 está prevista para este mês de agosto.

exynos_5

Apesar do Exynos 5 ser um excelente processador, sua definição de octa-core como muitos dizem está incorreta como pode-se ver na figura abaixo:

 

img_5octa_new_2

Na verdade o Exynos 5 não pode ser considerado um octa-core, pois ele não trabalha com os oito núcleos simultâneos e eles não estão juntos em um só processador, assim o Exynos 5 por fora é apenas um processador, mas por dentro ele tem mais dois processadores quad-cores separados porém lado a lado, um trabalhando a clock baixo gastando menos energia e sendo usado em tarefas leves (como ver e-mails, sms, músicas e internet), e o outro possuindo uma frequência de clock maior e arquitetura mais atual, sendo utilizando apenas em tarefas pesadas (como assistir vídeos e jogos pesados), sendo assim eles não conseguem trabalhar juntos em uma mesma aplicação.

A primeira versão do Exynos 5 passou por problemas de superaquecimento fazendo com que o aparelho ficasse muito quente e a bateria acabasse mais rápido, mas nesta 2ª geração este problema estará resolvido de acordo com a Samsung, pois o novo Exynos 5 permitirá desempenho gráfico superior sem comprometer o consumo de energia.

Você vai gostar

Deixe uma resposta

Fechar
Fechar