Pessoas ligadas internamente à Google afirmaram que os dois aparelhos que serão lançados pela gigante das buscas este ano, que antes eram chamados de Sailfish e Marlin, serão chamados oficialmente de Google Pixel e Google Pixel XL.

O Google Pixel será o modelo de 5 polegadas, chamado internamente de Sailfish, enquanto o Google Pixel XL será o Marlin. E isso faz sentido, já que o último tablet lançado pela Google não levou o nome Nexus e sim Google Pixel C, deixando claro a mudança de rumo que a empresa está tomando em relação aos seus dispositivos móveis.

A Google planeja comercializar o Pixel e o Pixel XL como os primeiros smartphones construídos totalmente por ela. Uma das alegações para essa divulgação é que a HTC só está participando na montagem dos aparelhos, enquanto que toda a engenharia e concepção foram feitos exclusivamente pela Google. Um dos indícios que confirma a informação é que os novos aparelhos, diferente dos Nexus, não levarão o nome da fabricante/montadora e a única marca divulgada será a Google.

Diferente dos aparelhos Nexus, a nova linha Pixel não possuirá o Android propriamente puro. A Google implementará algumas mudanças na versão do sistema embarcada nos aparelhos como uma nova barra de navegação, integração mais completa com sua assistente virtual e a implantação do novo launcher, antes chamado de Nexus Launcher, que será exclusivo dos novos aparelhos.

Há uns dias também publicamos sobre o fim da linha Nexus, indicando a mudança na estrutura móvel da Google, sendo substituída por uma linha desenhada inteiramente pela empresa e levando apenas a sua marca.

O lançamento dos novos Google Pixel está previsto para ocorrer entre o final de setembro e o começo de outubro, ainda não há um dia específico divulgado. Os mercados que irão recebe-los logo após a apresentação ainda não foram revelados, mas é bem provável que o Brasil fique de fora ao menos no primeiro momento.

 

Deixe uma resposta