A Google está trabalhando em um novo notebook chamado Pixel, seguindo sua nova linha de eletrônicos. O projeto, conhecido internamente por “Bison” e por “Pixel 3”, será o primeiro portátil a vir com o novo sistema operacional da gigante das buscas, o Andromeda.

O Andromeda é um novo sistema operacional nascido da união do Android e do ChromeOS, algo bem mais além do que simplesmente rodar os aplicativos do Android no ChromeOS. O novo sistema será a junção dos dois SO da empresa, gerando uma plataforma unificada, semelhante ao Windows 10 nos computadores e smartphones.

Com isso, os desenvolvedores poderão criar novos aplicativos que não se limitem apenas às dimensões mobile, como no Android, ou simples webapps, como no ChromeOS, e poderão trazer algo mais próximo ao que é executado em sistemas operacionais como Windows e MacOS, além de aplicativos universais que funcionem tanto no smartphone quanto no notebook, integrando ainda mais as duas versões.

O Pixel 3 será um notebook com design ultrafino aliado à uma tela de 12,3 polegadas sensível ao toque. Seu processador será um Intel M3 ou i5, sendo em dois modelos, um com 32GB de armazenamento interno e 8GB de RAM e o segundo com 128GB de armazenamento e 16GB de RAM. As especificações técnicas ainda incluem um leitor de impressões digitais, duas portas USB Type-C, conector de fone de ouvido 3,5mm, diversos sensores, suporte à caneta stylus, saída de som estéreo, quatro microfones e uma bateria que durará cerca de 10 horas. Seu teclado será retroiluminado e o touchpad será multitoque com detecção de pressão, semelhante ao MacBook. O mais incrível é que tudo isso virá em um corpo de apenas 10mm, quase a mesma espessura que um smartphone comum.

O Pixel 3 tem lançamento previsto para ocorrer em 2017 e custará cerca de US$ 799 (R$ 2590 atualmente e sem impostos). Parece caro, né? Mas o preço ainda está competitivo, sendo mais barato do que seus concorrentes do gênero.

Deixe uma resposta