A AMD desde os rumores que surgiram antes do lançamento oficial da nova linha de Placas de Vídeo da empresa, tem mostrado algumas vantagens após o envio de suas VGAs para grandes sites analisarem e dar seus vereditos em relação a concorrente, tudo na questão de desempenho e principalmente custo, mostrando a superioridade da R9 290X acima de alguns modelos bem conhecidos da Nvidia como o caso da GTX 780 e até da GTX Titan.

Agora o problema é bem maior do que parece, alguns consumidores depois de obviamente lerem e procurarem reviews sobre o modelo em questão, optaram por ela sem pensar duas vezes e tudo graças a testes bem feitos mostrando o quanto que a Radeon R9 290X compensa em cima de exemplos de referência da GeForce. Mas algo de muito estranho aconteceu, alguns compradores começaram a postar reclamações sobre a placa, onde os resultados de benchmarks mostrados em sites não correspondiam ao resultado das que foram liberadas e compradas pelo consumidor final, eles eram bem inferiores nos mesmo programas utilizados, fora a questão de temperatura onde a 290X batia nos 95 graus C. sem muita dificuldade que também piorava graças ao ambiente, o que a fazia perder desempenho significante.

Em resposta aos clientes, a empresa se pronunciou da seguinte forma:

“Baseado no feedback de nossa comunidade entusiasta, nós implementamos um novo mecanismo do PowerTune na série AMD Radeon R9 290 que explora toda a capacidade de GPUs individuais ao invés de nivelar pelo menor nível de capacidade. Isto tem como vantagem a melhora geral da performance mas também resulta em um certo grau de variação de desempenho entre modelos. Estas mudanças também trazem variações de desempenho em diferentes testes baseado nas condições do ambiente, em ambientes não controlados.

Não é esperado que a amplitude de diferença de performance interfira de forma impactante na experiência do usuário, porém recebemos informações que o grau de variação é maior que esperávamos. As variações acontecem tanto acima quanto abaixo das vistas nos modelos de demonstração para análises da imprensa, porém na maioria dos casos fica abaixo. Estamos ativamente investigando estes relatos e traremos novidades assim que completarmos a investigação.
Uma observação importante é que quanto mais limitada do ponto de vista térmico são as configurações, mais variações irão acontecer, naturalmente. AMD Radeon R9 290X, por padrão, é enviada com duas opções de BIOS padrão com diferentes níveis de ruído, e quanto maior o limitador térmico maiores são as diferenças. A AMD implementou controles intuitivos para o PowerTune no paínel OverDrive do Catalyst Control Center, onde os usuários poderão ajustar os níveis que julgam ideais de balanço entre ruído e performance.”

De acordo com o site Adrenaline, provavelmente a AMD tentou injetar um melhor controle de temperatura da placa para ter uma margem de segurança e não correr riscos com seus compradores, porém isso sacrificou a sua performance.

Via: Adrenaline

 

Deixe uma resposta