Parece algo surreal mas esta tecnologia já existe.  Enric Herrero, pesquisador do Intel Labs, disse que foi criado um chip protótipo com 48 núcleos, desenhado para rodar diferentes aplicativos em diferentes núcleos do processador, especialmente voltado para dispositivos portáteis como smartphones e tablets.

Já é possível encontrar dispositivos móveis com processadores multi núcleos há algum tempo no mercado, porém 48 núcleos em uma cpu móvel abrirá um mar de novas possibilidades. Transformará o conceito de computação que temos hoje. O seu dispositivo portátil, poderá ser seu computador.

Herrero também afirmou que um processador típico de apenas um núcleo consegue executar as tarefas, porém uma de cada vez. Os processdores com multi núcleos são capazes de dividir as tarefas entre seus núcloes. Isso abre a possibilidade de, por exemplo, criptografar uma mensagem enquanto se utiliza, simultaneamente, outro aplicativo que consuma recursos de processamento.

Tanausu Ramirez, outro pesquisador do Intel Labs que também trabalha no projeto, mencionou que com 48 núcleos, a experiência do usuário ao rodar um vídeo de alta resolução, será totalmente diferente da que temos hoje, espera-se muito mais fluidez neste processo. Ele também acrescenta que, quando um processador de apenas um núcleo trabalha no seu limite, ele consume muito mais energia do que um chip com vários núcleso que consegue rodar em paralelo diferentes processos, consumindo menos energia.

Justin Rattner, CTO (Diretor Técnico) da Intel, acredita que o processador de 48 núcleos pode chegar ao mercado muito antes dos dez anos previstos pelos pesquisadores. Rattner pensa que o desejo por interfaces mais naturais, que traga ao usuário uma experiência o mais parecida com uma interação humana, como no caso do reconhecimento de voz, serão as demandas do mercado. A Intel está indo diretamente ao encontro deste futuro, só de pensar em tamanho poder de processamento em um dispositivo portátil, fico assustado. Que venham logo esses “nano-monstros”!

Fonte: PC World 

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta