Foi oficialmente anunciado pela Qualcomm os novos chips Snapdragon 808 e 810, que agora possuem processo de fabricação de 20 nm e são baseados na tecnologia 64 bits. A principal novidade por aqui é que as novas CPUs passaram da arquitetura 32 bits para a de 64 bits e os núcleos receberam uma melhora passando de quad-cores para hexa-cores e octa-cores como o caso do 808 e 810 respectivamente.

Não podemos esquecer de mencionar que esses não são os primeiros chips com 64 bits da Qualcomm, os primeiros anunciados formam o  Snapdragon 410 (para aparelhos de entrada) seguido do 610 e 615 (aparelhos intermediários), entretanto os mencionados são feitos com processo 28 nm sendo também mais “humildes” em comparação com o 808 e 810 que serão focados em dispositivos mais poderosos.

Snapdragon 808 será um hexa-core como já dito, usando a mistura de dois núcleos Cortex-A57 (aplicativos pesados) e quatro núcleos Cortex-A53 (aplicativos leves) prometendo melhor desempenho de energia, terá incluso também uma GPU Adreno 418 que promete até 30% a mais de desempenho sobre o atual Adreno 330, suporte para memórias LPDDR3 e resolução de tela de até 2K (2560×1600 pixels).

Snapdragon 810 que será o topo de linha na empresa, usa a mistura de quatro núcleos Cortex-A57 (aplicativos pesados) e quatro núcleos Cortex-A53 (aplicativos leves) tendo incluso uma GPU Adreno 430 que se intitula ser 30% mais veloz que o Adreno 420 e até 70% mais poderoso que o atual Adreno 330 em média, suportando memória LPDDR4 e resolução de tela de 4K incluindo gravação de video em 4K a 30 quadros por segundo e FullHD (1920×1080) com 120 quadros por segundo gerando o efeito câmera lenta.

O fato de terem núcleos separados nos faz lembrar do velho Exynos 5, entretanto esses modernos Cortex têm a capacidade de trabalhar ao mesmo tempo caso necessário, ao contrário do Exynos da Samsung,  ambos processadores suportarão mais de 4 GB de memória RAM graças a tecnologia 64 bits e estarão disponíveis a partir de 2015 já que os primeiros lançamentos serão os modelos 410, 610 e 615.

 

Via: GSM Arena, Hexus.net, PC Mag, Extreme Tech

COMPARTILHE
Cursando Engenharia Mecânica, me encontro 4º ano, sempre apaixonado por tecnologia desde criança, este mundo sempre me fascinou e com toda a certeza continua fascinando.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here