A brasileira Quantum apresentou mais uma vez um produto de ótimo custo-benefício, oferecendo um hardware poderoso por um preço bem competitivo. O Quantum Fly veio integrar o time de smartphones intermediários de 2016, mas será que consegue competir em pé de igualdade com os seus concorrentes? Vejamos um comparativo entre o Fly e um dos mais queridos deste ano, o Galaxy J7 Metal. Quem será que vence?

DESEMPENHO E HARDWARE

O Quantum Fly é o primeiro smartphone no mercado brasileiro oficialmente com chipset de 10 núcleos. Ele conta com o MediaTek Helio X20 64-bit deca-core, sendo 2x Cortex-A72 de até 2.1 GHz + 4x Cortex-A53 1.4 GHz + 4x 1.8 GHz) e ótimos 3 GB de memória RAM. Sua memória interna tem 32 GB (expansível).

Já o Galaxy J7 Metal traz um Samsung Exynos 7870 de oito núcleos rodando a até 1.6GHz e 2GB de RAM. O aparelho da Samsung ainda conta com 16GB de armazenamento interno com suporte a microSD de até 128GB.

O Galaxy J7 Metal possui um hardware bacana, porém perde em todos os aspectos para o Fly por possuir um processador inferior, menos memória RAM e menos espaço interno. Além disso, só o Quantum Fly possui leitor de impressões digitais que dá um belo diferencial ao aparelho.

CÂMERAS

O Quantum Fly possui 16 megapixels com flash dual-LED e abertura f/2.0 na parte traseira, além de fazer vídeos em 1080p. Na parte frontal o aparelho conta com 8 megapixels e flash LED.

Já o Galaxy J7 Metal possui uma lente traseira de 13 megapixels com flash e abertura de f/1.9, seus vídeos também são feitos em FullHD 1080p. Sua câmera frontal é o seu diferencial devido a abertura de f/1.9 aliada aos 5 megapixels, oferecendo mais entrada de luz e mais qualidade no resultado final.

Ainda não há como comparar os resultados devido os primeiros testes do Fly não terem sido feitos até o momento, porém o esperado é uma vitória do Galaxy J7 Metal.

TELA

Aqui encontramos uma diferença gritante. Enquanto o Quantum Fly possui uma tela IPS de 5,2 polegadas e resolução FullHD 1080p, o Galaxy J7 Metal possui 5,5 polegadas e resolução HD 720p apenas.

O Quantum Fly possui uma tela menor com resolução maior, oferecendo mais qualidade na exibição de conteúdo.

SISTEMA

Ambos possuem a versão 6.0.1 Marshmallow com modificações de seus fabricantes e não há informações oficiais sobre a liberação da versão 7.0 Nougat, o que os coloca na mesma posição.

BATERIA

O Quantum Fly possui uma bateria de 3000mAh enquanto o Galaxy J7 Metal possui 3300mAh.

Além de possuir uma bateria maior, o J7 Metal possui menos recursos e uma tela com a tecnologia AMOLED de menor resolução, o que o torna mais eficiente na questão de economia de energia.

PREÇO

O Quantum Fly chega ao mercado custando R$ 1.449,00 a prazo, enquanto o Galaxy J7 Metal tem preço sugerido de R$ 1.599,00, ambos nos sites oficiais de suas fabricantes.

CONCLUSÃO

O Quantum Fly chega ao mercado oferecendo um hardware poderoso, superior a qualquer outro na sua faixa de preço. Além de ser mais barato que o J7 Metal, o Fly oferece bem mais recursos e poder de fogo, deixando seu concorrente para trás.

No nosso comparativo o vencedor é, obviamente, o Quantum Fly, ganhando pro J7 Metal de lavada.

5 COMENTÁRIOS

  1. Não falaram de nada, só números de ficha técnica, processador estão levando em conta que tem mais núcleos e por isso acharam melhor, achei tendencioso. Qualidade, confiança e assistência técnica decente tb contam na hora de comprar…. Sei lá, eu iria de J7 fácil.

Deixe uma resposta