Ontem um grande comparativo entre os aparelhos Xiaomi Redmi 2 e o Motorola Moto G 2014 foi feito aqui no Tudo em Tecnologia, mostrando os pontos fortes e fracos de cada smartphone, inclusive seus custos-benefícios.

Aproveitando esse clima de disputa, hoje trazemos para vocês uma briga entre o recém-anunciado e já conhecido Xiaomi Redmi 2 (que agora terá fabricação nacional), contra o famoso Gran Prime que faz parte da linha intermediária da gigante Samsung.

E ai, qual será o smartphone que ganha essa batalha?

  • Redmi 2 vs Gran Prime

O Xiaomi Redmi 2 que foi lançado em janeiro de 2015, veio pra derrubar qualquer outro aparelho que segue a mesma linha mediana, possuindo um preço realmente arrasador com um hardware ótimo.

O Gran Prime também é um celular de linha mediana só que da sul-coreana Samsung e foi lançado no final do ano de 2014, com a ideia de atingir um grupo mais popular de consumidores.

  • Desempenho

O Redmi 2 vem com um chipset Qualcomm Snapdragon 410 quad-core com clock de 1.2 GHz, GPU Adreno 306, memória RAM de 1 GB, 8 GB de memória de armazenamento interno (expansível até 32 GB através de microSD), tela IPS LCD de 4.7 polegadas com resolução HD de 720 x 1280 pixels (312 ppi), câmera traseira de 8 megapixels com frontal de 2 megapixels e bateria com capacidade máxima para 2200 mAh.

O Gran Prime vem com um chip Qualcomm Snapdragon 410 quad-core com clock de 1.2 GHz, GPU Adreno 306, memória RAM de 1 GB, 8 GB de memória de armazenamento interno (expansível até 64 GB através de microSD), tela TFT LCD de 5 polegadas com resolução de 540 x 960 pixels (220 ppi), câmera traseira de 8 megapixels com frontal de 5 megapixels e bateria com capacidade máxima para 2600 mAh.

Redmi2vsGranPrime

Seria até exagero levar em conta a diferença de 70 pontos no aplicativo de performance Antutu, contudo como é de costume dar ponto para o melhor, nesse quesito o Gran Prime ganhou por muito pouco.

  • Câmera

O Redmi 2 vem com uma câmera de 8 megapixels traseira e frontal de 2 megapixels, com capacidade de filmagem em FullHD (1920 x 1080) a 30 quadros por segundo e HD (1280 x 720) respectivamente. O Gran Prime também vem com um sensor de 8 megapixels na traseira e frontal de 5 megapixels, entretanto com capacidade de filmagem FullHD (1920 x 1080) a 30 qps e FullHD (1920 x 1080) respectivamente. Pela câmera frontal melhor somada a filmagem superior, quem ganhou essa fase foi o celular da Samsung.

Foto:

Filmagem:

Em questão de qualidade, quem venceu foi o Redmi 2.

  • Tela

O Redmi 2 possui uma tela com tecnologia IPS LCD de 4.7 polegadas com resolução HD de 720 x 1280 pixels, o que gera 312 pixels por polegada. O Gran Prime tem um display com tecnologia TFT LCD de 5 polegadas com resolução de 540 x 960 pixels, gerando 220 pixels por polegada. Sem dúvidas o campeão foi o smartphone da Xiaomi.

  • Sistema

Ambos os aparelhos estão com o Android 4.4.4 KitKat, aqui podemos dizer que houve um empate por enquanto.

  • Recursos e Conexões

O Xiaomi Redmi 2 possui:

  1. Wi-Fi 802.11 b/g/n, Wi-Fi Direct, hotspot.
  2. Bluetooth na versão 4.0, A2DP.
  3. GPS com A-GPS e GLONASS.
  4. Rádio FM.
  5. 4G.
  6. Dual Chip
  7. microUSB 2.0.

Recursos:

  1. Sensores de acelerômetro, giroscópio, proximidade e compasso.
  2. Compatível com HTML5.
  3. Microfone dedicado com redutor de ruído.

– O Samsung Galaxy Gran Prime possui:

  1. Wi-Fi 802.11 b/g/n, Wi-Fi Direct e hotspot.
  2. Bluetooth na versão 4.0, A2DP.
  3. GPS com A-GPS e GLONASS.
  4. Dual Chip
  5. TV Digital
  6. microUSB 2.0.

Recursos:

  1. Sensores de acelerômetro, proximidade e compasso.
  2. Compatível com HTML5.
  • Bateria

O Xiaomi Redmi 2 tem uma bateria com 2200 mAh e o Galaxy Gran Prime uma bateria com 2600 mAh. Visivelmente o Gran Prime tem maior tempo de conversação que seu concorrente.

  • Preço

O Redmi 2  custará na faixa de R$ 499,00 podendo ser achado por menor preço como já dito antes. O Gran Prime dual SIM custa R$ 749,00 e o dual SIM com TV digital R$ 829,00.

  • Conclusão

Sem dúvidas as vantagens do gadget da Samsung não são tão superiores ao seu rival a ponto de compensar sua compra, aqui como pode-se ver claramente, o custo-benefício do titã da Xiaomi compensa por todos os lados.

Fonte: GSM ArenaKimovil

COMPARTILHE
Cursando Engenharia Mecânica, me encontro 4º ano, sempre apaixonado por tecnologia desde criança, este mundo sempre me fascinou e com toda a certeza continua fascinando.

Deixe uma resposta