Samsung Galaxy SIV, O que esperar?

Como todos já devem saber, a linha de aparelhos Galaxy S da Samsung evoluiu muito desde os primórdios com o Galaxy SI i9000. O aparelho foi um grande sucesso para a empresa, que conseguiu vender mais de 10 milhões de unidades do modelo, vendas que subiram para mais de 40 milhões de aparelhos vendidos com o Galaxy SII i9100 e continuaram em grande crescimento com a chegada do Galaxy SIII i9300, que já alcançou a marca de 40 milhões de aparelhos vendidos com cerca de 6 meses de mercado.

Anualmente, como é de se esperar, todos iniciam suas especulações sobre o novo aparelho da linha Galaxy S, tentando adivinhar quais serão as possíveis características e como será a aparência da evolução de um dos cargos chefes da Samsung.

grd
Novo Exynos 5 Octa
Fonte da imagem: Divulgação Samsung

Possíveis Configurações do Galaxy SIV

O Galaxy SIV deve rodar o Android Jelly Bean 4.2.1/4.2.2, possivelmente equipado com um processador Exynos 5 Octa-core, que foi recentemente lançado pela empresa, com tecnologia big.LITTLE, com 4 núcleos Cortex A-15 para desempenho (big), e 4 núcleos Cortex A-7 para atividades mais básicas (LITTLE) melhorando o desempenho e otimizando o consumo de bateria em relação aos seus antecessores. O Exynos 5 Octa (8 núcleos) deve vir com uma GPU Mali-T658 (8 núcleos) que superaria em quase 40% o desempenho da Mali-T604 do Nexus 10. Também é esperado um aparelho com 2 GB de memória RAM, provavelmente com capacidades 16GB/32GB e 64GB e suporte a micro-SD.

O Galaxy SIV deve ainda carregar uma super-tela de 5 polegadas, 0,2 polegadas maior que o Galaxy S3, com resolução Full HD (1920×1080 pixels) ainda não sendo uma tela flexível e inquebrável (como muitos apontaram), trazendo uma incrível densidade de 441ppi (pixels por polegada), superando o Galaxy S3 que conta com uma densidade de 306ppi. O novo aparelho também deve contar com uma super-câmera traseira de 13 megapixels e frontal de 2 megapixels com suporte a vídeos 720p ou quem sabe até 1080p para videoconferências em alta qualidade. O possível design do Galaxy SIV já foi cogitado milhares de vezes com a divulgação de inúmeras fotos não-oficiais, porém o aparelho não deve chegar muito diferente das fotos divulgadas já que ele deve seguir o padrão do Galaxy S3 e do Galaxy Note 2 com algumas mudanças.

541657_416312385117142_1160438_n
Possível Galaxy SIV
Fonte da imagem: SamMobile

Novas funcionalidades

Muitos apontam que o Galaxy SIV seja o primeiro aparelho da Samsung a ser equipado com um sistema de reconhecimento de gestos, baseado em um chip maXTouch S que permitiria a navegação pelo sistema operacional por controles “não tácteis” baseados em gestos. A mesma fonte dessa informação ainda afirma que isso deverá garantir um menor consumo se comparado a outras tecnologias que apresentam as mesmas funcionalidades. Seria algo parecido com o que vemos em algumas Smart TVs da empresa sul-coreana.

A Samsung também registrou pouco tempo atrás duas patentes voltadas a Smartphones e Tablets, chamadas de Eye Scroll e EyePause. A primeira detecta o movimento dos olhos do usuário dentro de uma página, fazendo uma espécie de rolagem automática conforme o lugar que o usuário esteja olhando. Já a segunda pausaria automaticamente a reprodução de vídeos no momento em que o usuário parasse de olhar para a tela. Confirmar que o novo Galaxy SIV trará essas novas funções é algo que se mantém no improvável até a data de lançamento do aparelho. Várias fontes especulam a chegada do aparelho entre Março e Abril.
Agora o que nos resta é esperar para ver como realmente será o novo Samsung Galaxy SIV

Fontes: TecMundo e GSM Arena

6 Comentários

    1. O Brasil realmente ainda tem que diminuir esses impostos. Aqui na Espanha um S3 novo é 500 euros, e o salário mínimo é 800 euros. No Brasil o salário minimo é cerca de 700 reais, e o S3 é 2100 reais… muito incompatível isso.

  1. Bom, com esse aparelho, eu jogaria o pc da minha mãe fora e colocaria um celular desse como CPU, ele tem a configuração bem melhor que o pc que ela usa… kkkkkkk

      1. Os Desktop comuns estão sendo largados de mão mesmo mas o preço deles ainda é em conta e para um pc gamer ainda fica a cargo dos Desktop a questão também que não são muitos dados revelados da tecnologia ARM como barramento da RAN e cache do processador. Mesmo assim, para o sistema esta muito bom, só não podemos comparar a potencia com um PC também como as conexões estras dos Smartphone.

Deixe uma resposta

Fechar
Fechar