Smartphones estão incríveis e evoluem a cada ano, mas e a bateria?

Com o passar dos anos, o smartphone tem se tornado indispensável na vida das pessoas. A tecnologia avança mais e mais, e o poder de processamento desses aparelhos também. No entanto, de que adianta tudo isso, se a bateria não acompanha a evolução?

Uma comparação feita pelo site americano GSM Arena, levou em conta os últimos 6 anos de modelos de iPhone. Testes mostraram que a vida útil da bateria não acompanhou, por exemplo, o desempenho da CPU.

Imagem: GCM Arena

A média de duração das baterias nos aparelhos hoje em dia é de 1 a 2 dias. Algo que já nos acostumamos. Até quando as fabricantes irão se mostrar indiferentes com relação a isso?

As baterias de íons de lítio, podem ser datadas da década de 1970, foram comercializadas no início dos anos 90 e ainda as usamos hoje. Não há dúvidas de que o carregamento rápido e o ligeiro aumento da capacidade das baterias já nos dão um certo “alivio”. Mas o que precisamos mesmo é de uma revolução da bateria.

No entanto, para nossa tristeza, ainda pode levar mais 10 anos para a próxima geração de baterias estar presentes nos nossos smartphones.

Via
GsmArena

Você vai gostar

Deixe uma resposta

Close
Close