As telas com altíssimas resoluções estão ganhando cada vez mais espaço nos smartphones. A LG foi a primeira a desembarcar no mercado nacional com o G3 com sua tela Quad HD com resolução de 1440 x 2560 pixels. Mas tudo tem seu preço, e o aparelho teve autonomia menor que o G2 devido a tela consumidor muito mais que um display Full HD. E foi justamente isso que a Huawei afirmou. E a resolução 4K consome ainda mais, cerca de 4 ou até 8 vezes mais que uma tela 1080p.

As brigas por resoluções cada vez maiores nos aparelhos com Android estão se acirrando e a Huawei não deverá entrar na briga, pois a empresa afirmou que não compensa colocar uma tela 4K em smartphones no momento por conta do alto consumo. Além disso, outro fator é que em telas menores que 5 ou 6 polegadas, a diferença entre 2K e 4K é praticamente imperceptível pelo usuário, mas em telas grandes a resolução se torna excelente.

A Huawei está certíssima, visto que as empresas devem se concentrar em esforços para equiparem os smartphones com baterias melhores, onde o usuário possa ficar vários dias sem necessidade de uma recarga. A diferença entre a resolução Full HD do G2 para a Quad HD do G3 a olho nu é bastante pequena, mas a diferença de consumo de energia é gritante, por isso, o benefício pode não superar o “custo” (dependendo do uso).

Fonte

COMPARTILHE
Ex-estudante de Educação Física. Abandonei a carreira de professor de Educação Física para entrar de vez no mundo dos Gadgets com o Tudo em Tecnologia. Seja bem-vindo ao Tt!

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta