Teste comprova: Galaxy Note 8 demora 62 horas para sofrer burn-in

Para quem não sabe, o burn-in é um problema que comumente afeta telas OLED. Funciona assim: se você exibir a mesma imagem por muito tempo na tela do smartphone, pode ficar “impresso” um “fantasma” dessa imagem, que pode ou não ser permanente.

Um site coreano decidiu realizar um teste de burn-in com o Galaxy Note 8, iPhone X e Galaxy S7 Edge. Para isso, todos os modelos ficaram com uma imagem estática e brilho no máximo por 150 horas. O iPhone X apresentou burn-in após 17 horas, mas obteve uma baixa retenção de imagem. Por outro lado, apesar do Note 8 ter demorado mais tempo até exibir o problema, 62 horas no total, o efeito ficou mais intenso.

No final do teste, os três modelos apresentavam burn-in, mas o Galaxy S7 Edge foi o aparelho que deixou menos marcas na tela. O iPhone X ficou em segundo e o Galaxy Note 8 em último, sofrendo a pior retenção.

A Apple afirma que inseriu meios para evitar o efeito burn-in no iPhone X, porém não revelou quais. A Samsung também tem seus “truques”. O botão home virtual na tela de bloqueio se move de forma quase imperceptível, tudo para não criar um “fantasma” no display do aparelho.

Via
TecnoBlog

Você vai gostar

Deixe uma resposta

Close
Close