Aparentemente a Microsoft cansou de ver seus lucros indo para o ralo por conta dos usuários que utilizam a versão pirata de seu software que vai desde o Windows mais primitivo até o mais atual.

A empresa começou a monitorar os IPs de quem usa seu sistema operacional a fim de descobrir usufrutuários de licenças ilegais do Windows 7 e caso seja descoberto que o mesmo usuário esteja fazendo várias ativações piratas do Windows, o mesmo poderá pagar na justiça com uma indenização de valor triplicado por danos causados a companhia fora custos judiciais.

Mesmo com a notícia de que o Windows 10 deverá ser gratuito para todos, a Microsoft não quer deixar passar em branco todo seu rendimento perdido por culpa de milhares de cópias piratas espalhadas no mundo.

O consumidor qual possui a versão original do OS não deverá se preocupar com o desenrolar da história, entretanto parece que empresas poderão sofrer penalidades ainda maiores caso estejam participando da onda de pirataria.

Fonte: Torrent Freak

COMPARTILHE
Cursando Engenharia Mecânica, me encontro 4º ano, sempre apaixonado por tecnologia desde criança, este mundo sempre me fascinou e com toda a certeza continua fascinando.

12 COMENTÁRIOS

  1. Microsoft processará o mundo todo? Isso é bobagem.. o foco são as empresas, computadores pessoais ou familiares não tem nada a ver com isso… e outra, pra apurar tudo isso, demoraria séculos… rs

  2. as noticias aqui no Brasil não seguem o mesmo nível cultural do seu povo, acho que o Bill pensa que aqui todos são Petistas, aqui nesse pais não tem ladrão !

  3. A Microsoft abriu um processo judicial em Seattle, nos Estados Unidos, para identificar usuários que piratearam um grande número de cópias do Windows 7. Para tal, a empresa tenta vigiar um endereço de IP específico que teria dado início à operação.

    Segundo a gigante dos softwares, os responsáveis pela fraude podem ter gerado centenas de chaves roubadas ou utilizadas além do que a licença original permite.

    A Microsoft cobra medidas cabíveis contra os piratas e a apreensão do material ilegal. Além disso, exige compensações do lucro obtido com a venda dos softwares pirateados e indenizações à empresa pelo pagamento dos honorários dos advogados envolvidos no caso.

    Essa página aqui quer gerar pageviews? Só pode né?

    • A atualização será gratuita, mas diz a lenda que depois você pagará anuidade para poder continuar usando. Então avalie bem antes de atualizar. O Office já é assim, tem de pagar todo ano.

Deixe uma resposta