A Xiaomi realizou ontem em São Paulo o seu evento para oficializar a chegada no Brasil e a empresa venderá o seu primeiro smartphone por aqui, o Redmi 2 que vai chegar a partir do dia 7 de julho e conta com configurações para matar os concorrentes na faixa de preço. E como já é filosofia da empresa, o seu novo TOP, o Mi 5 deverá lançado em novembro na China com hardware de dar inveja ao Galaxy S6 e G4.

Com o novo chip Snapdragon 820, o Xiaomi Mi 5 já chegará mais potente que os flagships atuais e ainda com a vantagem de ter 4 GB de memória RAM. Porém a empresa chinesa está esperando mais testes do novo chip da Qualcomm para se certificar que ele não tem problemas com superaquecimento como acontece no Snapdragon 810. O sistema operacional será baseado no Android 5.1.1, porém com interface própria, a MIUI.

Conheça o Redmi 2, o destruidor do Moto G

O display do Mi 5 deverá ter 5.3 polegadas com resolução QuadHD de 1440 x 2560 pixels. Já a memória interna será de 16 ou 64 GB e suas câmeras com 16 megapixels na traseira e 6 MP na parte frontal. E para garantir a energia, uma bateria de 3030 mAh.

Ainda é cedo para confirmar as especificações vazadas, porém como o Mi 4 já possui 3 GB de RAM e um Snapdragon 801 que era o mais recente na época, a Xiaomi vai trazer um aparelho com bons destaques para ganhar mais consumidores.

COMPARTILHE
Ex-estudante de Educação Física. Abandonei a carreira de professor de Educação Física para entrar de vez no mundo dos Gadgets com o Tudo em Tecnologia. Seja bem-vindo ao Tt!

3 COMENTÁRIOS

  1. Estou querendo comprar o Xiaomi Redmi 2, a minha dúvida é se outros
    modelos vão chegar com datas próximas ao lançamento do dia 07/07. Já até
    me cadastrei para comprar.

Deixe uma resposta