Com uma boa parceria de sucesso com site de vendas da China, o Banggood, foi nos dado a possibilidade de testar a pulseira inteligente da Xiaomi, a Mi Band.

A Xiaomi Mi Band tem seus destaques, que começa pelo baixíssimo custo, que sai por apenas R$50 reais, o que é um valor acessível se comparado com concorrentes.

Depois de alguns dias de uso, chegou a hora de fazer uma análise da Mi Band e você confere as principais características da pulseira inteligente da Xiaomi nas próximas linhas.

Xiaomi Mi Band Review

Qualidade da pulseira

Mi Band

A pulseira inteligente da Xiaomi é toda em silicone hipoalergênico em sua correia. A qualidade parece ser boa e resiste bem a água, pois utilizamos ela durante o banho e passou sem sustos ou danos. O núcleo (a parte inteligente) é em plástico com acabamento em alumínio com liga de magnésio na parte que fica exposta, deixando um contraste bem elegante. Embora o conjunto seja todo discreto.

O peso da pulseira é de apenas 5 gramas, o que não vai incomodar em nada o uso da mesma, já que é pesada e não incomoda nada durante o uso. Como já citamos, ela é resistente a água e poeira, pois possui certificação IP67, mas não é possível mergulhar a mais de 1 metro com ela, porém dá para nadar sem problemas.

Pulseira MI BAND

As dimensões da Mi Band é de 36 x 14 x 9 mm e isso faz com que ela fica muito bem no braço, mesmo aqueles que tem pulsos mais finos. A pulseira com vários ajustes se adapta bem e fica confortável no braço. Lembrando que ela tem 3 leds na parte frontal para avisar o usuário quando a bateria está baixa, quando está sincronizando pela primeira vez com o smartphone e também quando o alarme inteligente é acionado.

Xiaomi Mi Band

Para quem gosta de personalização, há também diversas cores para a pulseira, como azul (dois tons), verde, rosa, preto e laranja.

Mi Band cores

Aplicativo Mi Fit

Mi Fit

Não é necessário ter um smartphone Xiaomi, o que facilita muito a compatibilidade. A Mi Band é compatível com qualquer smartphone com Android 4.4 KitKat ou superior. Além disso, o Bluetooth precisa ser na versão 4.0 para fazer o pareamento. O Mi Fit é o aplicativo oficial para você ter acesso a todas as informações da pulseira inteligente. Mas antes de comentar sobre ele, o primeiro ponto negativo é que até o momento ele só está disponível em inglês, mas como é bem simples, isso não chega a atrapalhar o uso.

Para iniciar o uso, é preciso abrir uma conta utilizando o número do seu telefone ou e-mail e uma senha. Após isso, é só configurar seus dados, como: sexo, data de nascimento, peso e altura.

Mi Band-Mi Fit

Um ponto bastante positivo do aplicativo é o baixo consumo de memória, já que ele ocupa pouco mais de 60 MB de RAM, ao contrário do famigerado Facebook, com seus 265 MB e o Messenger com quase 100 MB.

A Mi Band é basicamente uma pulseira para fitness, ou seja, ideal para quem pratica exercícios físicos regularmente, pois ela consegue contar passos, mostrando também a distância percorrida e informando a quantidade de calorias gastas. Com o aplicativo também é possível monitorar os abdominais e o pular corda graças ao acelerômetro por ADI. Outra função que está presente na pulseira da Xiaomi é o controle do sono, pois ela consegue medir o tempo total de sono e inclusive apontando o tempo de sono profundo.

Outras funcionalidades da pulseira:

  • Alarme inteligente: é possível configurar alarme
  • Alerta de vibração: ela vibra ao atingir metas nos exercícios e também quando recebemos uma chamada

Vale destacar que é possível utilizar a Mi Band sem o smartphone, ou seja, é possível ir para academia levando apenas a Mi Band. Quando o usuário estiver com o smartphone, é só abrir o app Mi Fi que ele vai sincronizar todos os dados e informar tudo diretamente no aparelho.

Bateria

A pulseira inteligente da Xiaomi vem com uma bateria de baixa capacidade, são apenas 41 mAh. Mas não pense que vai ter que ficar carregando a pulseira todos os dias, pois a autonomia é gigante, ficando cerca de 30 dias com uma única carga, o que algo extraordinário. Em 4 dias de uso e com carga de 4%, a pulseira continuou com seus 4%, mostrando um baixíssimo consumo e que é possível até mesmo ultrapassar 1 mês de autonomia.

Um dos segredos para a grande autonomia da Mi Band é que ela só sincroniza dados com o smartphone quando o usuário abre o aplicativo Mi Fit, isso também ajuda a não consumir muita energia do smartphone, não prejudicando assim seu tempo longe da tomada.

O ponto negativo aqui é que para recarregar a pulseira, é preciso remover o núcleo, o que não é muito prático.

Vale a pena?

Mi Band-4

A Xiaomi Mi Band possui um belo design, sendo discreta e elegante. O acabamento é agradável e ela se encaixa bem no pulso, não incomodando durante a prática de exercícios ou até mesmo no dia a dia. Ela é bastante eficiente na sua proposta e ideal para quem pratica atividade física regularmente, sendo uma ótima companhia. A autonomia da bateria é extraordinária, ficando fácil fácil por 30 dias com uma única carga.

O preço a Mi Band é de menos de R$50 reais, o que sem dúvidas faz essa pulseira inteligente valer a pena, pois tem ótimo custo-benefício.

Onde comprar?

É possível comprar a Mi Band no Banggood, site parceiro do Tudo em Tecnologia. A empresa envia para todo o Brasil e a Mi Band está saindo por aproximadamente R$46 reais:

Galeria

COMPARTILHE
Ex-estudante de Educação Física. Abandonei a carreira de professor de Educação Física para entrar de vez no mundo dos Gadgets com o Tudo em Tecnologia. Seja bem-vindo ao Tt!

3 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta