A Xiaomi apresentou no último dia 30/06 o seu primeiro smartphone a ser vendido no Brasil, o Redmi 2 que chegou com bons atrativos para derrubar alguns concorrentes, porém o preço não foi tão arrasador como era esperado e você vai ver os motivos.

 Para quem ainda não viu, o Redmi 2 conta com chip Snapdragon 410 64 bits com processador Quad-core de 1.2 GHz, GPU Adreno 306, 1 GB de memória RAM e 8 GB de memória interna (expansível via cartão microSD). Ele conta com conectividade 4G LTE e suporte para dois chips.

Captura de tela de 2015-06-30 15:18:14

O Redmi 2 foi lançado com preço sugerido de R$499 à vista ou R$549 em até 10x, um preço muito bom, porém não como esperado. Lá fora a Xiaomi se destaca por vender os aparelhos com uma diferença enorme para as grandes marcas, mas no Brasil isso não aconteceu, vamos ver:

Motivo 1: Concorrentes

Analisando os modelos acima, percebemos aparelhos que perdem para o Redmi 2 no conjunto, principalmente para quem procura 4G LTE, mas também outros que se equivalem ou até mesmo vencem o aparelho da Xiaomi.

Motivo 2: Preço na Índia

A Xiaomi também está vendendo o Redmi 2 na Índia e por lá o preço é muito inferior ao praticado no Brasil. Enquanto o smartphone é vendido por o equivalente a US$160 dólares no Brasil, na Índia o mesmo Redmi 2 custa US$95 dólares, ou seja, uma diferença gigante de US$65, que na prática fica em R$203 reais.

Motivo 3: Impostos

É claro que temos que olhar nossa altíssima carga tributária, mas o preço ideal para o Xiaomi Redmi 2 ter arrasado seria R$399 à vista e R$449 parcelado.

[poll id=”3″]

Fonte: 1

COMPARTILHE
Ex-estudante de Educação Física. Abandonei a carreira de professor de Educação Física para entrar de vez no mundo dos Gadgets com o Tudo em Tecnologia. Seja bem-vindo ao Tt!

6 COMENTÁRIOS

  1. A comparação é injusta. O nosso mercado é o mais complicado do mundo. Eles com certeza estão lucrando pouco em cima de todo o custo que deve ser lançar o smartphone no Brasil. Não se pode comparar com o preço da Índia. Mas sim com os dos concorrentes vendidos oficialmente no Brasil.

    • Mas o problema é que estamos falando de um produto com preço baixo e a diferença para Índia está em mais de R$200.

      Comparando o Galaxy S6, nos EUA custa em média US$599 dólares, ou seja, R$1874. Ele já foi vendido por aqui por R$1999, ou seja, diferença mínima.

      Lembrando ainda que esse primeiro lote é importado. O produzido por aqui poderia ser R$499 parcelado e R$449 à vista. =)

      Para comprar também, o Moto G 2ªG la fora custa US$160 dólares, mais que os R$500 que aparece sempre por aqui.

      Os nossos impostos são absurdos, mas com produção local dá pra deixar valor próximo, vide esses exemplos e até mesmo o Moto X 2ªG, que muitas vezes é mais barato aqui do que nos EUA.

  2. Realmente por 400 reais a vista e 500 reais a prazo seria matador… Mas o preço não está muito acima do que eu já esperava… Nossos impostos impedem preços melhores

  3. Um grande detalhe que eu percebi, é que o Xiaomi Redmi 2 não possui Gorilla Glass (Proteção contra riscos), algo que encarece os Smatphones. Não vejo como um excelente custo benefício, o que me chamou a atenção foi a possibilidade de dividir com um pequeno acréscimo! Tentei comprar um Xiaomi Redmi 2 hoje e não tive sucesso…

Deixe uma resposta