O chip Snapdragon 810 era uma grande aposta das empresas para oferecer mais performance aos seus aparelhos, porém o que temos visto é que ele é uma grande bomba que tem dado muita dor de cabeça aos fabricantes.

A primeira vítima com superaquecimento foi o G Flex 2 e depois mais outros aparelhos. Pensando em não ter problemas, a LG lançou o G4 com Snapdragon 808 e a Samsung trouxe apenas o S6 com chip Exynos 7420. Mas a Sony não seguiu o caminho e decidiu apostar no Snapdragon 810 e errou.

26_Xperia_Z3_+_Group

A Sony reconheceu os problemas já conhecidos do chip da Qualcomm, o superaquecimento no Xperia Z3+. Com as temperaturas muito elevados, o smartphone começa a ter muitos lags e fechar aplicativos de forma inesperada, além de aquecer bastante a parte traseira. Porém a empresa japonesa anunciou também que vai lançar correções, mas isso vai implicar na diminuição do clock da CPU e GPU, ou seja, ele vai perder performance para manter as temperaturas estáveis.

Fonte

COMPARTILHE
Ex-estudante de Educação Física. Abandonei a carreira de professor de Educação Física para entrar de vez no mundo dos Gadgets com o Tudo em Tecnologia. Seja bem-vindo ao Tt!

Deixe uma resposta