A Apple não é mais como era. A empresa de Cupertino acaba de divulgar o seu relatório fiscal para o trimestre encerrado em setembro de 2016 e o resultado foi bem abaixo do esperado.

A Apple não teve prejuízo, bem longe disso, porém esse é o terceiro trimestre consecutivo que apresenta queda em suas receitas, apresentando cerca de US$ 46,9 bilhões no trimestre, um valor que representa queda de 9% no ano.

De acordo com o relatório fiscal, foram vendidos 45,5 milhões de iPhones, 9,3 milhões de iPads e 4,9 milhões de macs. Comparando esse resultado com o mesmo período do ano passado, a Apple obteve uma redução das vendas de 5,2% dos iPhones, 6% dos iPads e 14% dos macs.

Se a situação não melhorar no último trimestre do ano, 2016 marcará o final de uma sequência de crescimento de receita ano após ano, que se iniciou em 2001 e não parou mais.

Por outro lado, o Q4 de 2016, para a Apple, ainda pode render bastante. Esse é o período oficial de vendas dos novos iPhones, assim como os novos macs que serão apresentados. Fora que é a época do ano em que mais se consome devido aos feriados de final de ano, o que pode mudar a situação da empresa e dar uma reviravolta em seus lucros.

Vale informar também que a divisão de serviços da Apple vem apresentando aumento em suas receitas, com um total de US$ 6,3 bilhões, o que corresponde a um aumento de 23,5% nas plataformas como iTunes Store e Apple Music.

Será que a Apple registrará sua primeira queda nos lucros em 15 anos ou será que irá conseguir mudar a situação e dar a volta por cima?

FONTEApple
COMPARTILHE

Deixe uma resposta