Apple Watch salva a vida de adolescente com doença renal crônica

Uma adolescente norte-americana foi salva graças a seu Apple Watch. Deanna Recktenwald, de 18 anos, percebeu que seu relógio inteligente estava alertando sobre seus batimentos cardíacos, que estavam em 190 por minuto. Com dor de cabeça e quase sem fôlego, a adolescente não ignorou o aviso e procurou ajuda médica, mesmo pensando que o relógio estivesse com algum erro. Porém, sua mãe, que é enfermeira, notou que o Apple Watch estava certo e levou a adolescente ao médico.

Após alguns exames, Deanna foi diagnosticada com uma doença renal crônica, que fez com que seus dois rins falhassem. Em seu caso, os órgãos estavam funcionando com apenas 20%, fazendo com que a jovem fosse colocada numa fila de transplante.

VEJA TAMBÉM

Sensor de batimento cardíaco do Apple Watch

É bastante provável que se não estivesse usando seu Apple Watch, Deanna teria achado que a falta de ar e dor de cabeça seria apenas um mal-estar, não buscando ajuda antes que a situação ficasse pior. Sua mãe disse: “eu sequer sabia que o relógio tinha essa função de nos alertar sobre isso. Era curioso que o relógio estivesse nos dizendo para procurar um médico”. Tim Cook, CEO da Apple, comentou o caso no Twitter dizendo: “histórias como a de Deanna nos inspiram a sonhar mais alto e trabalhar duro todos os dias”.

Via
Tecmundo

Você vai gostar

Deixe uma resposta

Fechar
Fechar