Um dos maiores concorrente da Google no mercado de browser é a Mozilla. A empresa da raposa está a todo momento tentando desbancar o Chrome, trazendo recursos e novidades interessantes aos usuários, que infelizmente não surtiam muito efeito. Agora, a companhia decidiu lançar o Firefox Quantum, que promete ser um forte concorrente.

O navegador foi completamente redesenhado, tanto em desempenho quanto em design, além disso, a Mozilla garante que a nova versão é bastante eficiente. Para “carimbar” essas afirmações, a empresa desenvolveu algo interessante.

O Quantum é capaz de rodar vários núcleos de uma CPU, entregando mais desempenho e velocidade. E não só isso, agora existe um novo motor CSS, escrito em Rust, que tira proveito dessa novidade, sendo capaz de operar de forma paralela em diferentes núcleos.

As abas no browser também sofreram mudanças. Ao iniciar uma determinada aba, e essa estiver ativa e sendo usada pelo usuário, o navegador dará total atenção no carregamento, aumentando assim a velocidade na abertura de um site, por exemplo. Para aumentar a usabilidade, o Quantum prioriza as abas por ordem de importância, ou seja, ele notará quais você está usando com mais frequência.

Isso tudo só é possível graças a comunidade e desenvolvedores. Com a ajuda do público, a empresa conseguiu remover 468 erros que faziam o navegador se tornar lento e mal visto. Em design, a Mozilla afirma que “gastou tempo entendendo como os usuários enxergam navegadores“.

Sendo assim, podemos notar animações mais suaves, uma biblioteca que reúne histórico, favoritos, abas, downloads, etc. Para quem ficou interessado, uma versão estável do Firefox Quantum será lançada em 14 de novembro, mas se você for apressado, poderá testar o beta disponível para Windows, MacAndroid e iOS.

Deixe uma resposta