O Galaxy S7 tem sido o destaque dos últimos dias, saindo várias notícias sobre o novo flagship da Samsung. Nos primeiros testes do aparelho, vimos uma decepção em relação a autonomia do smartphone para versão com Snapdragon 820. Porém números comprovaram o contrário para o Galaxy S7 Edge com chipset Exynos 8890.

Equipado com uma bateria de 3600 mAh, já era esperado uma autonomia muito boa, porém nos testes com chip Qualcomm, ela caiu em relação ao S6 Edge Plus que conta com uma de 3000 mAh. Mas o site GSM Arena testou o S7 Edge com chipset da Samsung e comprovou um bom aumento na autonomia, que passou de 83 horas para 98 horas no modelo 2016.

bateria Galaxy S7 Edge

Com um ótimo resultado, o Galaxy S7 Edge traz bons diferenciais para convencer o consumidor a optar por essa versão, que além disso tem tela curvada de 5.5 polegadas, contra 5.1 do S7.

DESCUBRA O CUSTO DE PRODUÇÃO DO GALAXY S7

A chegada do Galaxy S7 no Brasil está bem próxima, mas o preço, especula-se que o modelo mais barato custará R$3999, enquanto o Edge sairá por R$4299, o que é inviável para grande maioria dos brasileiros.

FONTEGSM Arena
COMPARTILHE
Ex-estudante de Educação Física. Abandonei a carreira de professor de Educação Física para entrar de vez no mundo dos Gadgets com o Tudo em Tecnologia. Seja bem-vindo ao Tt!

Deixe uma resposta