Todas as mudanças que o Galaxy S8 sofrerá em relação aos modelos anteriores da linha Galaxy S custará bem caro para os seus futuros consumidores. De acordo com estudos feitos pelo instituto Goldman Sachs, especialistas na área financeira, o próximo smartphone top de linha da Samsung chegará ao mercado custando até 20% mais que o Galaxy S7 no seu lançamento.

As justificativas para o aumento do preço estão nas novas funções do futuro smartphone, que chegará com diversas inovações e novidades no mercado. Com isso o seu preço inicial será de aproximadamente US$ 780, algo em torno de R$ 2.645 sem impostos e taxas, bem diferente dos US$ 649 cobrados no Galaxy S7.

Outro ponto importante que vale ser lembrando é que o modelo não possuirá nenhuma versão sem bordas curvas, possuindo apenas variantes Edge, o que colabora ainda mais para o aumento do preço, já que a versão Edge sempre foi a mais cara desde o Galaxy S6.

Já em ternos técnicos, de acordo com os vazamentos, o Galaxy S8 chegará ao mercado com uma tela em 4K, Sensor de realidade virtual, processador Snapdragon 830 ou Exynos 8895, câmeras ainda mais poderosas com proximidade de resultados ao de profissionais, fim dos botões físicos e mudança do leitor de digitais para a parte traseira, 6GB de memória RAM e até 256GB de armazenamento interno.

Os planos da Samsung para o lançamento do Galaxy S8 são de lançar o smartphone oficialmente em Nova York, no mês de abril de 2017, assim chamaria atenção do mercado norte-americano com a intenção de trazer mais confiança para os consumidores da localidade, já que a fabricante está com a imagem queimada graças ao fiasco do Galaxy Note7.

Bom, como a Samsung ainda não se pronunciou oficialmente, só nos resta aguardar para ver a continuação desta novela.

VIAChoice News
COMPARTILHE

Deixe uma resposta