A Samsung há muito tempo lança duas versões do seu flagship, uma com Snapdragon para alguns mercados e outra variante com Exynos para grande maior parte do mundo. Dessa vez com o Galaxy S9 a empresa coreana resolveu trazer o modelo com Snapdragon ao Brasil, ao contrário do que vinha acontecendo desde o S6.

E os testes mostram que ela acertou, pois apesar de perder em testes sintéticos, o Galaxy S9 se mostrou bem mais rápido nas tarefas do dia a dia, como abertura de apps e games, como mostra o teste abaixo:

Na primeira volta, o Galaxy S9 com Snapdragon terminou o teste com 1 minuto e 27 segundos, já a versão com Exynos preciso de 11 segundos a mais. Já na segunda volta, 26,07 contra 27,82, com um tempo total de teste de 1 minuto e 53 segundos para a versão com processador Qualcomm e 2 minutos e 5 segundos para a versão com chipset Samsung.

Isso mostra mais uma vez o quanto não devemos dar atenção para testes sintéticos e sim ver comparativos na prática e ver como cada smartphone se sai para abrir programas e games.

Deixe uma resposta