Governo concede autorização para privatizar Correios

Imagem: Mais Goiás

Em uma entrevista para a equipe da GloboNews, Paulo Guedes (Ministro da Economia), revelou que uma nova empresa tinha sido incluida no programa de privatização.

Fazendo um certo suspense, Guedes disparou: “Tem empresas que vão ser privatizadas que vocês nem suspeitam ainda”. Logo após isso, revelou que o presidente Jair Bolsonaro aprovou a novidade. No entanto, preferiu manter sigilo sobre qual estatal estaria envolvida nisso.

Acontece que a informação acabou vazando por outros meios. De acordo com assessores presidenciais, a empresa citada por Guedes é nada menos que os Correios.

Veja também:

Como sabemos, os Correios se envolveu em casos de corrupção, como o escândalo do mensalão. Além disso, tem recebido denúncias de má aplicação de recursos das contribuições dos empregados.

Assim, fontes governamentais acreditam que a privatização será uma boa medida em prol do mercado e também dos usuários. Todavia, devemos aguardar novas informações para sabermos se isso acontecerá, de fato.

4 COMENTÁRIOS

  1. Privatizem para ontem e não façam concessões, vendam tudo mesmo (100% de preferência), porque na concessão no final o correios continuaria sendo do governo, e gestão do estado é o seguinte: se o estado administrasse o deserto, iria faltar até areia. Então não caiam nessa de achar que qualquer estatal que o governo tem serve para algum caso social, ou etc..
    Estatal serve apenas para troca de moeda política e não faltaram casos de todo o tipo para provar isso. Comecem pelos correios, e o próximo pode ser a Petrobrás, outra bizarrice administrada pelo governo que apesar de deter quase todo o mercado, ainda consegue dar prejuízo. E você, eu e todo os pagadores de impostos estamos tendo que pagar essa palhaçada (coisa nem um pouco noticiada pela mídia). (Imposto é roubo, e pode tentar argumentar o contrário).

  2. Demorou, ou privatiza ou fecha as portas, não funciona mas cobra alto como ninguém e não entrega, aqui em Guarujá, as pessoas se amontoam em filas e mais filas para buscar no carreio aquilo que pagou para ser entregue em casa, fora os roubos dentro da empresa e material quebrado por falta de cuidado no transporte e na separação…

  3. Privatizar nem sempre é a solução. Os correios é uma empresa rentável, o problema são os inúmeros cargos comissionados para indicados de políticos, que sempre irão existir. Devido a isso, privatizando ou não os Correios, um dos principais problemas do país vai continuar existindo. E depois que a empresa é privatizada, a mesma continua parceira dos políticos, através dos lobistas, que conseguem dinheiro e até mesmo cargos. Exemplo recente? A Vale.

Deixe uma resposta