iPhone 8 Plus é o smartphone que vai bem em tudo

No Brasil a Apple tem seus milhões de fãs e seguidores, mas também tem aqueles que torcem contra e isso na grande maior parte pelos preços que a empresa norte americana cobra por seus gadgets por aqui. Eu já usei vários iPhones e passei muitos dias com o iPhone 8 Plus para descobrir o que ele oferece e se vale a pena investir nele.

Equipado com o chipset mais potente do segmento de smartphones, o Apple A11 Bionic, o iPhone 8 Plus também conta com 3 GB de memória RAM e tem versões com 64 ou 256 GB de armazenamento interno. Na teoria, números simples, mas na prática, como ele se sai? Vamos descobrir nas próximas linhas!


PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS:

  • CHIPSET: Apple A11 Bionic
  • PROCESSADOR: Hexa-core 2.3 GHz
  • GPU: Apple GPU
  • MEMÓRIA RAM: 3 GB
  • MEMÓRIA INTERNA: 64 ou 128 GB
  • CÂMERAS: Dual 12 com flash quad-LED e frontal com 7 MP
  • TELA: 5.5″ IPS 1920 x 1080 pixels
  • BATERIA: 2691 mAh
  • DIMENSÕES: 158.5 x 78.1 x 7.5 mm
  • PESO: 202 g
  • SISTEMA: iOS 11.3

REVIEW IPHONE 8 PLUS

ACABAMENTO e DESIGN

Depois de muitos anos usando metal como acabamento na parte traseira, a Apple finalmente mudou para o vidro, o que possibilitou a compatibilidade com tecnologia de carregamento sem fio, porém deixou o aparelho bem mais frágil. Mesmo a Apple afirmando que é o vidro mais resistente já usado em um smartphone, se derrubar, você tem o dobro de chance de trincar algo. Porém falando em qualidade de construção, ai sim o aparelho é nota 10, com materiais de qualidade.

Em relação ao design, bem, na parte frontal não tem novidades desde 2014! É a mesma cara do iPhone 6 Plus, o que em partes é frustrante, principalmente se você já tem uma geração passada. Na parte traseira a novidade aparece por conta do vidro, que deixa ele brilhoso e também manchado pra caramba usando sem capa no dia a dia.

Analisando no geral, o iPhone 8 Plus é um belo smartphone, sem novidades, mas continua agradando visualmente. Entretanto ele é um aparelho muito grande, são 15.8 cm de altura e 7.8 cm de largura, então usar com apenas uma mão é complicado, principalmente pela largura. Comparando com o Note8, o da Samsung tem 7.4 cm de largura, mesmo com tela de 6.3″, enquanto o Apple tem 5.5″. Ainda falando da construção, ele tem certificação IP67, o que garante resistência a água e poeira, mas não vá exagerar.

Como falei na análise do Note8, gosto mais da construção em metal, deixa mais robusto, mais fininho e melhora a pegada, porém a tendência é vidro. Ele está disponível em três cores: Gold, Silver e Space Gray, mas pessoalmente tem diferenças grandes, o Gold é um tom mais Rosê, o Prata é Branco e o Preto vai depender do ângulo de visão, pois a traseira fica cinza, mas também preta.

CÂMERAS

É inegável que o iPhone 7 Plus criou uma tendência quando chegou com câmera dupla com sua lente telefoto para o modo retrato. Desde então, os concorrentes estão vindo e a Apple aperfeiçoou no iPhone 8 Plus. Na traseira temos o sensor principal de 12 megapixels com abertura f/1.8 e estabilização óptica de imagem e o sensor de telefoto também com 12 MP, mas abertura f/2.8, e o flash tem 4 LEDs. É bom lembrar que o sensor de telefone não tem estabilização óptica, apenas o principal.

Dos números para a prática! Como o título da matéria indica, o iPhone 8 Plus vai bem em tudo e na qualidade de fotos ele vai muito bem! As imagens possui grande alcance dinâmico, ótimos níveis de detalhes. Para vídeos, é excelente, inclusive gravando em 4K a 60 FPS, coisa que concorrentes não tem.

O que senti falta foram ajustes manuais, como já presente no Galaxy Note8, onde é possível extrair o máximo das câmeras e ajustando de acordo com necessidades de cada usuário. O Zoom óptico é muito bom, mas como o sensor tem abertura f/2.8, a noite não vai ficar muito legal.

baixa iluminação: muito granulado e baixo nível de detalhes

Gosta de selfies? Então o iPhone 8 Plus vai atender bem! O sensor frontal tem 7 megapixels, mas abertura f/2.2, o que em lugares escuros vai atrapalhar a qualidade. Ele oferece boas fotos frontais, bem dentro da realidade de cores e com foco muito bom no rosto, mas o baixo ângulo do sensor pode cortar muita gente ou então obrigar a usar o famoso pau-de-selfie.

Eu gostei muito da qualidade das fotos do iPhone 8 Plus ele não é atoa que está entre os melhores nesse quesito. O aparelho da Apple é aquele para quem prefere simplesmente apontar e capturar as fotos. Nesse ponto comparando com o Galaxy Note8, o aparelho da Samsung se sai vencedor.

CONEXÕES

Aqui sempre foi a dificuldade dos aparelhos da Apple, pois até tem as conexões, porém o usuário não pode usar como quiser, tem as limitações bobas impostas pela fabricante. NFC? Sim, mas só para usar sistema de pagamento e trocar informações entre iPhones na hora de configurá-los.

Cartão de memória? Claro, esquece isso em iPhone! Porém pelo menos a partir dessa geração o armazenamento mínimo são 64 GB, o que é suficiente para grande maioria usar sem se preocupar em ter um microSD.

Um ponto de conexão em que o iPhone vai mal é a intensidade do WiFi! Enquanto com outros smartphones dá para usar a rede normalmente, no Apple simplesmente não aparece sinal, isso já é comum, WiFi dele é fraco! No mais tudo funciona bem, dentro de suas limitações.

DESEMPENHO

Não é novidade que a Apple tem o chipset com maior poder de performance por núcleos da atualidade. O Apple A11 Bionic com seus 6 núcleos rodando até 2.3 GHz entrega uma performance muito otimizada, isso por conta também do iOS. São 3 GB de memória RAM, o que garante bom multitarefa no dia a dia, onde muitos apps ficam disponíveis sempre no sistema.

Usando o iPhone 8 Plus no meu dia a dia fiquei muito satisfeito com as respostas, tudo abre muito rápido, como já esperado para um aparelho tão caro. Além disso, a estabilidade dos apps é boa e os games sempre rodam bem lisinho com qualidade gráfica excelente. Isso por conta da potente Apple GPU e claro, resolução menor do display (1920 x 1080 pixels se comparado com concorrentes Android (1440 x 2960 pixels).

Mas ele não conseguiu ser mais rápido que o Galaxy Note8! No dia a dia é notório que o smartphone da Samsung é mais rápido, isso acontece pelo fato dos 6 GB de RAM, o que armazena muito mais apps e quando você vai abrir, ele já estão lá carregados, então tudo é bem instantâneo, enquanto no iPhone vai carregar novamente.

Apesar de não ser o mais rápido da categoria, ele entrega uma excelente performance, não fica lento em momento algum, o que já era esperado, claro! E esse é mais um quesito que entra na conta do iPhone 8 Plus para somar uma média geral muito boa.

SISTEMA

O iOS é uma mistura de ame-o ou deixe-o para muitos usuários. Eu particularmente gosto bastante da simplicidade do sistema operacional, tudo está em fácil acesso, porém ele tem suas falhas, principalmente por ser muito fechado e praticamente não permitir alterações em basicamente nada.

Algumas coisas são mais práticas para fazer no iOS, já outras eu prefiro no Android. Só que o grande destaque do iOS estão nos aplicativos! É inegável que são bem mais elaborados para o sistema da Apple. Instagram não trava, algo constante no Android. As novidades quase sempre também chegam primeiro para iOS.

Mas algumas coisas incomodam no iOS, como por exemplo: é possível desligar o iPhone mesmo ele bloqueado, só segurar botão power e depois deslizar dedo na tela como indicado. No Galaxy Note8 ele só desliga se digitar a senha. Outra coisa também é que é possível excluir as notificações na tela de bloqueio com aparelho bloqueado, então alguém vai lá, apaga algo importante que você está esperando e você nem vai notar que recebeu.

Porém o bom é a segurança no sentido de perda ou roubo, suas informações estarão seguras, a menos que sua senha de desbloqueio seja fácil. O iOS é um sistema excelente, ainda tem o mito que não trava, que isso e aquilo, mas trava SIM e tem muitos bugs em alguns aplicativos que param sozinho, etc. No iPhone 8 Plus testado não aconteceu com essa versão, 11.3, mas logo que ele foi lançado eu comprei e usei por alguns dias e estava péssimo.

No geral é um ótimo sistema para quem quer tudo pronto e prático e não gosta de ficar mexendo, customizando, etc. Também vai agradar muito mais aos fãs do Instagram, Snapchat e também gostei mais dos Apps do Facebook nele, como Gerenciador de Páginas, o próprio Facebook e o Messenger. E não esquecendo do bom e preciso leitor biométrico, que é muito mais prático que o reconhecimento facial do iPhone X

Eu gosto tanto do iOS, como do Android, então não tem um melhor, tem o que se encaixa melhor de acordo com suas necessidades.

TELA

Desde o iPhone 6 Plus sem novidades! Basicamente é o mesmo display, só pequenas melhorias, mas continua com 5.5 polegadas Full HD e tecnologia IPS, além de bordas gigantes! Agora conta com tecnologia True Tone que a Apple diz que é para deixar cores adaptadas com a luminosidade ambiente e na boa, em algumas situações funciona bem, mas em outras é horrível, deixa tom amarelado demais, então nem uso!

A qualidade do display é boa, mesmo sem inovações continua atendente bem, com bom brilho em qualquer situação e belas cores, mas coloque o iPhone 8 Plus ao lado do Galaxy Note8 ou S8+ e perceba o abismo entre eles, a Samsung está muito a frente. O aproveitamento da tela na parte frontal é das piores, ocupação de apenas 67.4%.

Apesar do bom display, a Apple tem que trazer novidades para próxima geração, pois já passou do tempo em adotar AMOLED em seus flagships. Até já utiliza, mas apenas no iPhone X.

BATERIA

Ao olhar as especificações você pode até ficar decepcionado, pois a bateria tem “apenas” 2691 mAh de capacidade. Mas na prática a autonomia é um dos pontos fortes do iPhone 8 Plus, sendo muito melhor que o Galaxy Note8 e S8 Plus, por exemplo.

Acostumado com a péssima bateria do Galaxy Note8, usar o iPhone 8 Plus me deixou mais longe das tomadas! Com ele eu carregado o smartphone apenas 1 vez a cada dois dias, ou seja, deixo carregando na noite de hoje (segunda) e só volto a recarregar na quarta, já com o Samsung era toda noite sem exceções.

O grande problema é que apesar da grande autonomia, o iPhone demora uma eternidade para carregar com o carregador original de 5w. A dica fica para comprar o carregador do iPad que tem 10w e carrega muito mais rápido, quase o dobro mais veloz. Comprei desde primeira vez com 7 Plus que demorava quase 4 horas para carga completa e no 8 Plus não mudou. Mas mesmo demorando para recarregar, a autonomia é excelente, porém se não tem o carregador de 10w, é melhor carregar a noite quando for dormir…

VALE A PENA?

A grande crítica do iPhone no Brasil é quase sempre o preço elevado. Com valor sugerido de R$4599, o iPhone 8 Plus de 64 GB é bem caro e nesse valor eu não compraria e nem recomendaria. Entretanto é possível comprá-lo muito mais barato, como já publicamos até por R$3096, ai a história muda completamente.

Como deixei claro no título, o iPhone 8 Plus é um smartphone que vai bem em tudo! Câmeras, bateria, tela, ótimo sistema com aplicativos mais bem desenvolvidos, então se achar uma boa promoção, pode ir fundo que vai ficar satisfeito com o smartphone da Apple e vai valer a pena.

Não esquecendo que além das qualidades do iPhone 8 Plus em si, o dispositivo da Apple tem baixa desvalorização e fácil revenda. Se pegar em boa promoção vai usar por 1 ano, revender fácil e com pequena perda.

NOTAS

CÂMERAS - 9
SISTEMA - 9.5
DESEMPENHO - 9.5
TELA - 9
CONSTRUÇÃO - 9.7
BATERIA - 9.5
CUSTO-BENEFÍCIO - 8.5
User Rating: 4.45 ( 1 votes)

Você vai gostar

3 Comments

Deixe uma resposta

Close
Close