A Apple apesar de continuar vendendo muito bem está enfrentando um período de queda nas vendas, sendo que no último trimestre o recuo foi de 16% e o iOS vem perdendo participação para o Android em todo o mundo.

Para Tim Cook, CEO da Apple isso tem uma possível explicação: “I recognise that prices are high. We want to do things that lower that over time to the degree that we can.” (Tradução: Eu reconheço que os preços são elevados. Nós queremos fazer coisas que abaixem com o tempo à medida que pudermos”.

iPhone 6S-2

No mercado americano o iPhone tem preços compatíveis com seus principais concorrentes, porém em países emergentes e com grande potencial de crescimento a Apple vem derrapando, já que seus preços são bem mais altos, como podemos ver no gráfico abaixo:

preços iPhones

Vendo os dados acima até pode se imaginar que o iPhone baixou bastante de 2015 para 2016, porém não se engane, o dólar que subiu muito, por isso a diferença.

AUMENTOS SEM JUSTIFICATIVAS

No Brasil o que vemos a cada ano são aumentos gigantes sem justificativas suficientes. Um exemplo claro foi o pulo de R$3199 para os R$3999 do 6 para o 6S. Agora recentemente, o iPhone SE que chegou para substituir o 5S e teve preço elevado de R$2199 para R$2699.

Se a Apple quiser continuar com grande crescimento, será realmente necessário rever a política de preços nos países, como: Brasil, Indonésia e Índia.

FONTEpplware
COMPARTILHE
Ex-estudante de Educação Física. Abandonei a carreira de professor de Educação Física para entrar de vez no mundo dos Gadgets com o Tudo em Tecnologia. Seja bem-vindo ao Tt!

Deixe uma resposta