A Motorola apresentou ontem em São Paulo o seu mais novo smartphone, o Moto Maxx. Ele chega para ser o aparelho com especificações técnicas mais potentes disponível atualmente no Brasil, já que o Note 4 é um Phablet e está em outra categoria. Nos Estados Unidos o aparelho atende pelo nome de Droid Turbo, um produto exclusivo da operadora Verizon, mas que agora será comercializado em vários países como nome de Moto Maxx.

Confira: Tudo sobre Droid Turbo

Design

O Design do Moto Maxx é igual ao Droid Turbo e a Motorola usa outro nome, pois a linha Droid é exclusiva da Verizon. É um aparelho robusto, com acabamento de qualidade com uma camada de fibra de Kevlar revestida de nylon balístico para maior resistência e durabilidade. As linhas são retas e simples, onde o público masculino irá gostar muito, já as mulheres podem não simpatizarem muito por ele, já que é bem masculino.

Maxx

O Motorola é um pouco maior que o Novo Moto X, possuindo 14,3 cm de altura, 7,3 cm de largura e 8.3-11.2 mm de espessura com um peso total de 176 gramas. São dimensões boas para um TOP, já que ele é apenas um pouco maior que o S5 e menor que o Z3, por exemplo.

acabamento Moto Maxx

Configuração

[ads2]

A Motorola não poupou esforços para trazer o que há de melhor disponível no mercado em relação ao hardware, pois o Moto Maxx é o smartphone mais completo disponível no mercado nacional. Ele conta com chip Snapdragon 805 com processador quad core de 2.7 GHz, 3 GB de memória RAM, GPU Adreno 420 e incríveis 64 GB de memória de armazenamento (sem slot para cartão).

A tela é simplesmente a que possui maior densidade de pixels por polegada entre todos os TOPs, com aproximadamente 565 ppi, tudo isso graças a tela Super AMOLED de 5.2 polegadas com resolução QuadHD com 1440 x 2560 pixels, uma resolução 4 vezes superior a HD. Lembrando que o display tem proteção Corning Gorilla Glass 3 e sua bateria tem incríveis 3900 mAh com autonomia de 40 horas em uso.

bateria Moto Maxx

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS:

  • CHIPSET: Snapdragon 805;
  • PROCESSADOR: Quad-core 2.7 GHz;
  • GPU: Adreno 420;
  • MEMÓRIA RAM: 3 GB;
  • MEMÓRIA INTERNA: 64 GB;
  • TELA: Super AMOLED 5.2″ com resolução Quad HD de 2560 x 1440 pixels;
  • BATERIA: 3900 mAh;
  • SISTEMA: Android 4.4.4 KitKat.

Câmeras, Recursos e Conexões

A câmera traseira do Moto Maxx tem 21 megapixels, faz filmes em 4K, mas ficou faltando a estabilização óptica de imagem. A frontal tem 2 megapixels, abaixo da média para os tops. O histórico da Motorola em câmeras não é dos melhores, já que nesse quesito seus smartphones perdem para os concorrentes, mas com o Moto Maxx isso pode ter mudado, porém é preciso esperar os primeiros testes para um veredito.

moto-2

A Motorola mais uma vez acertou nos recursos, o Moto Maxx tem os comandos de voz, onde é possível realizar tarefas sem tocar no aparelho, apenas interagindo por voz com o mesmo. Além disso, ele é resistente a respingos de água.

Em relação as conexões ele vem com o padrão para os tops, ou seja, 4G LTE, 3G e 2G, Bluetooth 4.0, NFC, DLNA, microUSB 2.0 compatível com SlimPort, USB Host, USB On-the-go, GPS com A-GPS e GLONASS.

Disponibilidade e preço

O Motorola Moto Maxx já está disponível no mercado nacional desde ontem (dia 5) e seu preço sugerido é de R$2199, mas já pode ser encontrado por um valor abaixo dos R$1900, sendo um grande custo-benefício.

COMPARTILHE
Ex-estudante de Educação Física. Abandonei a carreira de professor de Educação Física para entrar de vez no mundo dos Gadgets com o Tudo em Tecnologia. Seja bem-vindo ao Tt!

Deixe uma resposta