Uma tragédia envolvendo um Nokia 5233 aconteceu recentemente na Índia. Uma adolescente de 18 anos chamada Uma Oram, estava conversando com um parente usando o telefone, e ao notar que o aparelho estava descarregando, conectou o mesmo no carregador, foi aí que a explosão aconteceu. Infelizmente, a adolescente veio a óbito.

De acordo com a mídia indiana, Uma foi levada inconsciente ao hospital com queimaduras nas mão, pernas e no tórax, mas não resistiu. O Nokia 5233, que foi lançado em janeiro de 2010, possui uma tela resistiva e ainda está sendo vendido pela Amazon Índia por US$ 46.

A HMD Global, detentora da marca “Nokia”, deixou bem claro que o Nokia 5233 não tem nenhuma ligação com os aparelhos que a empresa fabrica atualmente. Tendo em vista que a Nokia não fabrica novos smartphones e não entrega suporte a dispositivos antigos, ainda não está claro quem pode ser responsabilizado pela morte da garota.

Um representante da HMD Global disse: “embora não tenhamos sido capazes de verificar de forma independente os fatos desses relatórios, podemos confirmar que o celular em questão não foi fabricado ou vendido pela HMD Global, detentora da marca Nokia. Nós da HMD Global, estamos empenhados em produzir aparelhos de alta qualidade que proporcionem uma boa experiência de uso e atendam às expectativas dos clientes”. A polícia indiana está investigando o caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here