Depois que a Nokia foi vendida, infelizmente não voltou ao mercado brasileiro, porém a empresa vem com números expressivos de vendas, conseguindo superar Google, OnePlus, Asus, HTC, Sony e Lenovo no último trimestre de 2017 com 4,4 milhões de smartphones vendidos.

O número da Nokia ainda está longe de Samsung e Apple, porém mostra bastante força, ficando a frente de grandes nomes, além de outras fabricantes, como: Alcatel, Gionee, Meizu e Coolpad.

O lugar mais importante para vendas da Nokia foi Reino Unido. Infelizmente não há previsão para Nokia vender smartphones no Brasil, o que sem dúvidas poderia ajudar a alavancar os números da empresa, pois o nome é muito forte por aqui.

3 COMENTÁRIOS

  1. Nokia não teve um nome muito forte, Nokia teve o nome conhecido e na ocasião de sua atuação no Brasil eram modelos desengonçados e simplórios, sua vantagem era a robustez. Mas as vendas da Sony eram melhores que Nokia

    • Creio que não. Pelo menos as pessoas que conheço tenho certeza de confiarem mais em um Nokia do que todas as marcas do tweet do cara lá. Exceto, talvez, a própria Sony e a Google. Ainda assim, tendo em vista preço (que é um fator importante por aqui), dependendo de quanto o nosso governo explorar a HMD, tenho certeza que essa nova Nokia explodiria por aqui, entrando bem rápido no meio das marcas mais populares. Da mesma forma que ela esta fazendo no resto do mundo. Ou melhor.

      • Naquela ocasião era o 2G chegando para o 3G, hoje pode ter uma boa aceitação sim Lincoln em função de um preço razoável, o diferencial vai ser o pós venda, suporte, atualização. Hoje eu particularmente não vejo só preço, o pós venda vale muito

Deixe uma resposta