A Motorola anunciou a nova versão do Moto X (2nd Gen.). Estava sendo especulado o nome Moto X+1 ou Moto X2, mas na verdade a ele será apenas o Novo Moto X (2nd Gen.), conforme tem no próprio site da fabricante.

O Novo Moto X ganhou um excelente upgrade de hardware, chegando potente igual seus rivais, ao contrário do Moto X antigo, que tinha hardware mais simples. Confirmando os vazamentos, o Moto X (2nd Gen.) chega com chipset Snapdragon 801, o dobro de memória interna (32 GB), tela maior com 5.2 polegadas com resolução Full HD e GPU Adreno 330.

Confira: Novo Moto G (2nd Gen.)

Design

As linhas do Moto X 2ª geração seguem próximas do Moto X antigo, com sua curvatura. Mas agora ele tem acabamento mais caprichado, com bordas de metal. Na parte traseira ele chega no mercado nacional em três tipos: bambu, couro ou plástico (rezina). E nada de imitação, é couro legítimo e bambu verdadeiro.

Agora o Novo Moto X ficou maior, ele tem as seguintes dimensões: 14 x 7,2 x 0,99 cm (altura x largura x espessura). Ele ficou mais bonito e com aspecto mais premium, embora a parte da câmera ficou um pouco exagerado para embutir o flash ao redor.

Novo Moto X=2

Configuração

Agora o novo Moto X chega para competir de igual com os TOPs nas especificações, pois vem equipado com chip Snapdragon 801 com processador quad-core, 2 GB de memória RAM, 32 GB de memória interna e GPU Adreno 330. O Android é o 4.4.4 KitKat quase puro, onde a Motorola apenas acrescentou recursos ao aparelho. E ele tem update garantido para o Android L.

A tela é AMOLED de 5.2 polegadas Full HD (1920 x 1080 pixels) e possui proteção Corning Gorilla Glass 3. A bateria ficou um pouco melhor e agora tem 2300 mAh, mas não é removível.

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS:

  • CHIPSET: Snapdragon 801;
  • PROCESSADOR: Quad-core 2.5 GHz;
  • GPU: Adreno 330;
  • MEMÓRIA RAM: 2 GB;
  • MEMÓRIA INTERNA: 32 GB;
  • TELA: AMOLED 5.2″ com resolução Full HD;
  • BATERIA: 2300 mAh;
  • SISTEMA: Android 4.4.4 KitKat.

Câmeras, Recursos e Conexões

O Motorola agora conta com câmera traseira de 13 megapixels (4128 x 3096 pixels) que filma em até 4k (2160p) com flash LED duplo. A frontal tem 2 megapixels.

O Novo Moto X ganhou recursos novos, como mais sensores e comando de voz aprimorado e personalizável. Para quem gosta de selfies, ele tem “tirar selfie”, onde é só falar o comando que ele abre automaticamente a câmera e captura selfie em 3 segundos após executar o comando (é o tempo para se preparar para a foto).

O alto-falante agora está na parte frontal e ele deve ter ótima qualidade, assim como o Moto X antigo já tem. As notificações foram remodeladas, mas ficou faltando a LED de notificações.

SONY DSC

Em relação as conexões nada mudou, ele conta com 3G, 4 G LTE, WiFi com função hotspot, DLNA, NFC, Bluetooth 4.0, microUSB 2.0 (USB Host), GPS com A-GPS e GLONASS. O tipo de chip continua sendo nano-SIM.

O que melhorou?

  • Tela 5.2″ Full HD
  • Acabamento
  • Processador
  • GPU
  • Memória interna
  • Câmera traseira
  • Recursos aprimorados
  • Design

O que piorou?

  • Tamanho físico aumentou por conta da tela maior
  • Autonomia da bateria deve ser menor por conta do hardware mais potente
  • Parte traseira com certo exagero em volta da câmera

O que poderia melhorar?

  • Tela Quad HD
  • Botões físicos
  • Poderia ser mais fino

Disponibilidade e preço

O Novo Moto X (2nd Gen.) estará disponível ainda hoje nas grandes lojas de varejo e o preço sugerido continua o mesmo do Moto X antigo, ou seja, R$1499 (à vista será possível ter descontos), o que faz do Novo Moto X o TOP mais barato atualmente, já que o Galaxy S5 chegou com valor de R$2599, o G3 R$2299 e o Z2 por R$2499. Sem dúvidas o custo-benefício do Novo Moto X já é o melhor e a Motorola merece os parabéns por oferecer um aparelho no nível dos rivais, porém com preço até R$1100 mais barato.

[ads1]

Imagens: Tecnoblog, Tecmundo

COMPARTILHE
Ex-estudante de Educação Física. Abandonei a carreira de professor de Educação Física para entrar de vez no mundo dos Gadgets com o Tudo em Tecnologia. Seja bem-vindo ao Tt!

14 COMENTÁRIOS

  1. Infelizmente a Motorola pecou no design e na autonomia da bateria mas levando em conta o preço e o hardware do aparelho vale muito a pena compra-lo pois apresenta um excelente custo beneficio.

    • Davi, não sei se vc tem o moto x antigo, mas ele tem um recurso que se chama tela inteligente. Em vez de um Led piscar pra notificar ele mostra na tela e vc pode dar uma olhada no que é apenas tocando, sem precisar desbloquear o celular, isso é muito bom.

  2. O novo Moto X é um tapa na cara do mercado de smartphones, de seus concorrentes. Todos eles – principalmente no mercado brasileiro.

    Sim, o Moto X é bonito, tem uma construção impecável e é basicamente o melhor smartphone Android disponível hoje para a compra. Seu maior trunfo não está em oferecer uma experiência com assinatura da Motorola, com pés do Google e mãos (ainda muito por cima) da Lenovo. A sacada genial da Motorola foi de corrigir o problema em dados técnicos do Moto X de primeira geração, aumentar muito a qualidade externa do produto e lançar o novo celular com preço muito abaixo de todos os seus concorrentes diretos. Ele chegou ao Brasil custando R$ 1.499. Qual outro smartphone topo de linha chegou com este valor? Nenhum.

    Nenhum smartphone concorrente e com hardware semelhante chegou ao país por menos de R$ 1,9 mil – o Lumia 930 era o high-end mais barato, sendo lançado por R$ 1.899. Confira quanto que cada topo de linha concorrente do novo Moto X custava, em seu lançamento:

    Galaxy S5: R$ 2.599 (R$ 1,1 mil mais caro do que o novo Moto X)

    iPhone 5S: R$ 2.799 (R$ 1,3 mil mais caro do que o Moto X)

    LG G3: R$ 2.299 (R$ 800 mais caro do que o Moto X)

    Xperia Z2: R$ 2.499 (R$ 1 mil mais caro do que o Moto X)

    Lumia 930: R$ 1.899 (R$ 400 mais caro do que o Moto X)

    Vale lembrar que os preços, com exceção do iPhone 5S, caem bastante com o tempo e a desvalorização joga os concorrentes em um valor próximo ao que é cobrado pelo Moto X, mas ainda não no mesmo nível ou em valor inferior. Além disso, estes valores são para smartphones com 16 GB de memória interna (menos o Lumia 930, que chega com 32 GB), enquanto a segunda geração do Moto X chega com o dobro da capacidade interna de seus concorrentes. A Motorola conseguiu colocar um valor menos injusto, menos agressivo do que a média de um celular com processador Snapdragon 801, rodando quatro núcleos a 2.5 GHz, acompanhado de uma GPU Adreno 330, câmera que filma em 4K e 2 GB de memória RAM. Não há qualquer concorrente neste nível ou pouco acima, que junta tudo isso e ainda entrega 32 GB de espaço interno e a garantia de atualização rápida do Android, sem uma pesada interface para abocanhar parte do desempenho e que entrega uma série de aplicativos que o usuário não pediu – e, normalmente, não vai usar e que não pode apagar do gadget.

    O que mais importa no novo Moto X não é bem o hardware, mas essa sacudida que ele proporcionou na indústria. É o mesmo susto que levou o mercado com a chegada do primeiro Moto G, que agora ficou pouca coisa melhor e continua com o mesmo preço. Com o bom número de vendas, junto de uma expectativa enorme que foi criada em cima dele, com materiais muito bem construídos (metal nas bordas com bambu e até couro de verdade na parte traseira, sem aquele plástico imitando couro da Samsung), a indústria pode tender a baixar o preço dos lançamentos de smartphones, no Brasil. Quem ganha com isso? O brasileiro, nós! É bom ver que, finalmente, um smartphone parrudo não custa mais do que R$ 2 mil.

    Ele é perfeito, mas sua câmera ainda não é tão boa quanto de todos os seus concorrentes. Ah, claro, uma câmera pouco melhor vale quase que R$ 1 mil a mais? Não (com R$ 1 mil você compra uma câmera compacta, sobrando dinheiro)

    Loja da Motorola: http://www.lojaoficialmotorola.com.br/

  3. Davi, quem tem um moto x sabe o porque de não ter o led, a atualização aparece na tela, piscando, com um sistema que quase não usa a bateria, pois só são ligados alguns pixels da tela para mostrar a notificação, clicando e arrastando você vai direto para a notificação!

Deixe uma resposta