A Apple já confirmou os preços do novo iPhone 6, ele vai partir de R$3199 no modelo com 16 GB, R$3599 para o 64 GB e incríveis R$3999 na versão com 128 GB. Mas vamos comparar alguns modelos e preços com a versão de entrada, que deve ser a mais vendida no Brasil.

Já o iPhone 6 Plus parte de R$3599 com 16 GB, R$3999 64 GB e chegando até R$4399 para o modelo de 128 GB.

Mas com R$3199 do iPhone 6 dá para comprar o que?

Para ter uma noção real do preço exorbitante do iPhone 6, nada melhor que colocar em prática os números. Com R$3199 é possível comprar um LG G3 por R$1499 parcelado + um Novo Moto X e ainda sobrar R$351 reais. Para quem preferir o Moto Maxx ainda sobra R$1000 para comprar o que você quiser, isso sem citar que o Maxx possui 64 GB contra 16 GB do iPhone. Com essa diferença é possível comprar um LG G2 em promoção, ou seja, por R$3199 você pode levar um Moto Maxx + um LG G2.

Já com o iPhone 6 Plus, seu concorrente direto é o Galaxy Note 4, sendo assim, o Apple é R$700 mais caro e para complicar mais, enquanto o iPhone Plus tem somente 16 GB, o Galaxy possui 32 GB e ainda aceita cartão microSD.

Conclusão

Certamente o iPhone 6 é o pior custo-benefício entre todos os lançamentos de 2014. Apesar de ser um smartphone top, nada justifica os seus R$3199. Particularmente acreditava que o preço do iPhone 6 ficasse na casa dos R$2799 a no máximo R$2999. Mas a Apple surpreendeu negativamente.

É muito mais interessante pagar menos da metade por um G3 ou Moto X 2014 ou até mesmo levar os dois para casa e ainda economizar R$351.

[poll id=”14″]

COMPARTILHE
Ex-estudante de Educação Física. Abandonei a carreira de professor de Educação Física para entrar de vez no mundo dos Gadgets com o Tudo em Tecnologia. Seja bem-vindo ao Tt!

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta