A Xiaomi vem crescendo cada vez mais sua popularidade no Brasil, principalmente depois da facilidade de importação que lojas como a GearBest oferece, onde é possível receber um produto em qualquer lugar do Brasil. E testamos o mais importante lançamento da empresa chinesa em 2017, o Mi 6 e nas próximas linhas você confere o Review Xiaomi Mi 6!

O novo flagship da Xiaomi tem uma configuração super atual, chegando com o Snapdragon 835 Octa-core de 2.45 GHz aliado a ótimos 6 GB de memória RAM LPDDR4 e 64 GB de armazenamento UFS 2.1, porém há versão também com 128 GB.


ONDE COMPRAR?

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS:

  • CHIPSET: Snapdragon 835 64-bit;
  • PROCESSADOR: Octa-core de até 2.45 GHz;
  • GPU: Adreno 540;
  • MEMÓRIA RAM: 6 GB;
  • MEMÓRIA INTERNA: 64 ou 128 GB (não expansível);
  • CÂMERAS: Dual 12 megapixels com flash LED e frontal com 8 MP;
  • TELA: 5.15″ IPS com resolução Full HD;
  • BATERIA: 3300 mAh;
  • DIMENSÕES: 14.5 cm x 7 cm x 7.5 mm (A x L x E);
  • CONEXÕES: WiFi AC, Bluetooth 5.0, USB Tipo-C, Infravermelho, NFC, 4G LTE;
  • SISTEMA: Android 7.1 Nougat (MIUI 8.2).

REVIEW XIAOMI Mi 6

ACABAMENTO e DESIGN

A cada nova geração percebemos que a Xiaomi vem se preocupando mais com a qualidade de construção dos seus flagships e comprovamos isso no Mi 6! Ele está usando materiais de muito mais qualidade, ficando bem firme nas mãos, porém como a traseira é de vidro, pode trincar na primeira queda. Mas as laterais são em metal, formando um conjunto premium.

Falando na traseira, ela é muito escorregadia e se deixar em superfície lisa com pequeno declive, o smartphone vai cair. Até nas mãos usar ele sem uma capinha faz escorregar, mesmo segurando com certa firmeza, porém ele já vem com case de silicone pra facilitar. A pegada seria excelente com a traseira curva nas laterais, o que realmente atrapalha é que ele é muito liso.

O design do Xiaomi Mi 6 é simplesmente lindo! A versão preta é toda black piano, até mesmo as laterais de metal e isso o deixa bem elegante. A parte frontal é bem discreta, mas a traseira é muito bonita e quem viu o Mi 6 ficou encantado com sua beleza. O problema do black piano é que risca fácil, então use uma capinha. Vale lembrar que o Mi 6 é resistente a respingos de água, então vai sair ilesos de acidentes com água.

Quem gosta de aparelhos mais compactos irá ficar totalmente satisfeito com o Mi 6, pois ele tem somente 14,5 cm de altura x 7 cm de largura e 7,5 mm de espessura. Seu peso é de 168 gramas, um pouco acima para um aparelho com display de 5.15″, mas nada fora do normal.

CÂMERAS

O Mi 6 vem apostando alto nas câmeras! Agora ele traz dois sensores na traseira, sendo o principal com 12 megapixels com abertura f/1.7 e o outro sensor possui também 12 MP, porém com abertura f/2.6. Ele tem estabilização óptica de imagem em 4 eixos e flash dual-LED dual-tone. Ele grava vídeos em até 4K 2160p, porém não filma em 60 FPS em nenhuma resolução, o que ficou faltando, já que em Full HD o Honor 8 consegue filmar a 60 FPS. Na teoria temos um conjunto impecável, agora vamos analisar na prática. gravou

As fotos capturadas pelo sensor traseiro do Xiaomi Mi 6 são boas! Ele consegue entregar resultados excelentes em imagens com boa iluminação, possuindo bons detalhes e até mesmo conseguindo dar zoom sem perder muito a qualidade.

O smartphone consegue focar muito bem e desfocar o fundo perfeitamente, destacando muito bem o que queremos. Usando o modo câmera dupla também vai muito bem e cumpre muito bem seu papel.

Com pouca luminosidade em algumas fotos percebemos muito ruído e estranho que não estava tão escuro, mostrando ser mais questão de pós-processamento da imagem que o sensor. Notamos que o problema acontece apenas com modo HDR em fotos com pouca luminosidade.

A câmera frontal tem 8 megapixels e filma em até Full HD 1920 x 1080 pixels. Na prática é ela agradou, capturando boas fotos para redes sociais. Mas não espere nada de incrível, ela é boa e só.

No geral o conjunto de câmeras do Xiaomi Mi 6 se saem muito bem, não decepcionando em nada, principalmente quando lembramos o quanto ele custa, por isso não se preocupe, você irá fazer ótimas fotos com ele, principalmente quem gosta de usar o modo manual, onde é possível fazer ajustes finos para melhorar ainda mais.

CONEXÕES

Temos aqui um smartphone quase completo em conexões! O Mi 6 traz tudo de mais atual e sem dúvidas agrada a 95% dos usuários, afinal ele tem: WiFi AC, 4G LTE, Bluetooth 5.0, NFC, GPS com A-GPS e BDS, USB tipo-C e o infravermelho está de volta. Porém ele agora não tem o conector 3,5mm para fones de ouvido, mas não se preocupe, vem o adaptador na caixa de USB tipo-C para 3,5 mm.

Outra coisa que ficou faltando e não tem jeito é o slot para cartão microSD e isso já é padrão nos TOPs da Xiaomi desde as gerações passadas, como próprio Mi 5 que testamos. Mas como ele tem 64 GB de armazenamento, isso não será um problema e quem precisa de mais, tem o modelo com 128 GB.

Todas as conexões funcionam perfeito! O 4G foi reconhecido automaticamente nas áreas com a cobertura e o infravermelho funciona muito bem como controle remoto, já vindo inclusive com App Mi Remote.

DESEMPENHO

Chegamos em mais um dos grandes destaques do Xiaomi Mi 6! Ele vem com uma configuração com tudo que há de melhor atualmente, pois tem a última geração do chipset da Qualcomm, o Snapdragon 835 64-bit Octa-core de até 2.45 GHz, GPU Adreno 540 aliado a 6 GB LPDDR4 de memória RAM, então certamente ele vai rodar absolutamente TUDO da Play Store com altíssima performance.

Na prática também pudemos comprovar que o Mi 6 é muito veloz, tudo abre rápido, até mesmo games! Porém no multitarefa só conseguimos deixar até 18 apps abertos em segundo plano, ao passar para 20 apps, já notamos que o Chrome recarregou a página, assim como o Youtube e olhe que ainda tinha mais de 2,5 GB de RAM livres o que mostra que falta otimização do sistema para lidar melhor em multitarefa, porém de alguma forma, os apps abrem muito rápido, quase instantâneo, mesmo quando recarregados, o que pode ter alguma otimização especial, pois a diferença é grande da primeira abertura para a segunda.

Só uma comparação básica, tive a oportunidade de colocar lado a lado o Xiaomi Mi 6 contra Galaxy S8+ e iPhone 7 Plus e o resultado foi que o smartphone chinês arrasou os dois no quesito desempenho, é claro que alguns apps a diferença é mínima, quase imperceptível, porém em outras é bem notório a vantagem do Mi 6.

Graças ao hardware, não vimos lags, e em absolutamente nenhum momento o aparelho travou ou ficou com respostas lentas, ou seja, um comportamento digno de um flagship. A MIUI tem efeitos de transições legais e o hardware é suficiente para executar sem causar lags.

Podemos resumir que o Xiaomi Mi 6 é um dos smartphones mais rápidos do mundo! Muitos apps abrem praticamente instantaneamente e mesmo quando os apps são recarregados, é muito rápido.

SISTEMA

Quem conhece o OnePlus 3T já sabe que ele basicamente vem com o Android puro, sendo adicionado alguns recursos. Já o Mi 6 tem um sistema completamente modificado pela Xiaomi, que inclusive nem usa o nome Android, é MIUI, embora seja baseado no sistema Google e totalmente compatível com Play Store e todos os seus apps e games. Ela já está baseada na última versão estável do Android, ou seja, o Nougat 7.1.1 e patch de segurança de maio, bem atual.

A personalização é muito boa, assim como os recursos incluídos, como Mi Remote (controle remoto), o aplicativo Segurança que gerencia todas as permissões, início automático de apps, além de limpar dados desnecessários, fazendo uma limpeza no sistema. Algo bem legal da MIUI é seu padrão de ícones, o que fica bem bacana, ao contrário de outras interfaces que ficam os ícones de variadas formas. Só faltou mesmo foi a opção de organizar a grade em 5 x 5, mas é possível instalar temas gratuitos com essa opção de organização.

Outro destaque é possibilidade de clonar apps e com isso você pode usar 2 WhatsApp, 2 contas de Facebook, etc. No próprio app Segurança que falamos tem até como ativar antivírus. E quem não curtir o design da MIUI, é possível instalar o Nova Launcher e desfrutar do Android puro:

No mais não temos novidades por aqui, pois como é Android, tem a Play Store e toda gama de games e aplicativos disponíveis. E vale a pena mencionar que a Xiaomi oferece suporte de atualizações por muito tempo, ou seja, você terá seu Mi 6 com novas versões do Android e também patchs de segurança.

TELA

Há várias gerações que a Xiaomi continua fiel ao tamanho de tela do seu principal flagship, são 5.15 polegadas e isso permanece no Mi 6. O Display é IPS e a resolução Full HD de 1920 x 1080 pixels, o que resulta em uma densidade de pixels por polegada de 428ppi.

A qualidade da tela é excelente e mesmo sendo “apenas” Full HD, não dá para enxergar pixels. O ângulo de visão é muito bom e o brilho mais que satisfatório para usar em qualquer lugar. Há também possibilidade de ajustar a saturação das cores, deixando mais quente ou mais frio.

Nesse ponto o Xiaomi Mi 6 entrega um display com excelente qualidade, não deixando a desejar em nada e eu gostei mais da sua tela do que a do OnePlus 3T, principalmente pelo brilho bem mais intenso. Em sua faixa de preço não há o que questionar, mas claro, fica abaixo de telas como do Galaxy S7, S8, LG G5, G6, por exemplo.

BATERIA

A bateria do Xiaomi Mi 6 evoluiu sua capacidade em relação as gerações passadas. O Mi 5 que testamos tem 3000 mAh, já o novo modelo 3350 mAh. E na prática tivemos um bom ganho na autonomia, atribuído também pelo chipset mais eficiente.

Se no Mi 5 só conseguimos autonomia com 5 horas de tela, no Mi 6 esse número passou para 7 horas, podendo chegar até 8 horas com dicas de economia, como diminuição do brilho da tela, desativar GPS, etc. É um resultado muito bom, o que pode durar dois dias para alguns usuários, mas se usar muito o 4G, ai espere uma autonomia menor, sendo necessário carregar todos os dias o Mi 6, porém não se preocupe, ele já vem com carregador Turbo e em pouco mais de 1 hora seu smartphone está completamente carregado.

Para se ter uma ideia, o Xiaomi Mi 6 consegue autonomia de uso no dia a dia com mais horas de tela do que o Galaxy S8 Plus com sua bateria de 3500 mAh, onde só consegui pouco mais de 6 horas.

VALE A PENA?

Review Xiaomi Mi 6

O Xiaomi Mi 6 é um smartphone que vem equipado com hardware mais potente da Qualcomm (Snapdragon 835) e o que há de mais moderno com armazenamento em UFS 2.1 (super rápido), além dos 6 GB de memória RAM LPDDR4.

Sua tela tem qualidade muito boa, assim como as câmeras fazem muito bem seu trabalho. O sensor traseiro se destaca pelo modo retrato, onde é possível fazer fotos realmente belas, assim como captura boas fotos em geral, mas claro, está atrás de nomes conhecidos, como o sensor do S8, o que é totalmente aceitável, já que o Xiaomi Mi 6 custa menos da metade! A bateria tem boa autonomia.

Então em resumo, sem dúvidas vale muito a pena importar o Xiaomi Mi 6! O smartphone oferece performance incrível, design belíssimo com acabamento premium, boas câmeras, boa bateria e custa menos de R$1400! Se você está disposto a comprar um smartphone com altíssimo desempenho, além de muito qualidade, não há o que pensar, o Mi 6 é o “cara”.


ONDE COMPRAR?


PERGUNTAS E RESPOSTAS

Demora muito tempo para chegar?

A entrega varia de região para região. Geralmente a entrega demora entre 25 a 35 dias corridos.

Paga imposto?

Todo produto importado de uma loja pode ser taxado. Em média as taxas estão sendo na faixa dos R$200 para quase todos os estados, exceto MG, RRS, SC e a capital da Paraíba, onde cobram ICMS, ficando a taxa na casa dos R$350.

É seguro comprar na GearBest?

Sim, 100% seguro! A loja já é nossa parceira de longa data, então pode comprar com tranquilidade. Você pode aprender a comprar corretamente na loja seguindo nosso tutorial AQUI.

O produto tem garantia?

Sim, a loja oferece 1 ano de garantia a partir da data da compra. Para saber mais sobre garantia, consulte termos no site da loja.

Se você tem alguma dúvida sobre o Xiaomi Mi 6 ou de como importar o seu, deixe seu comentário!

NOTAS
CÂMERAS9.1
SISTEMA9.3
DESEMPENHO10
TELA9
CONSTRUÇÃO9.2
BATERIA9.1
CUSTO-BENEFÍCIO10
Reader Rating5 Votes4.9
DESTAQUES
DESEMPENHO INCRÍVEL
ÓTIMA CONSTRUÇÃO
BELO DESIGN
SISTEMA ATUALIZADO
ÓTIMAS CÂMERAS
CONTRAS
NÃO ACEITA MICROSD
SEM CONECTOR 3,5MM
NÃO TEM RÁDIO FM
9.4
COMPARTILHE
Ex-estudante de Educação Física. Abandonei a carreira de professor de Educação Física para entrar de vez no mundo dos Gadgets com o Tudo em Tecnologia. Seja bem-vindo ao Tt!

4 COMENTÁRIOS

  1. Thalisson, boa tarde!

    Review sensacional meu amigo, meus parabéns ainda mais comparando as características dele com os tops mais famosos da atualidade, sem dúvidas um aparelho digno da mais alta gama e custo benefício que existe!
    Abs

  2. Parabéns pela análise. Achei completa e detalhada. A minha dúvida é sobre a ROM. É a oficial da xiaomi ou shop Rom? Se for a oficial, é chinesa, indiana ou global? Foi necessário fazer alguma mudança da Rom? Esta é uma dúvida que eu tenho em relação aos smartphones da gearbest. Grato

    • Eduardo,

      Obrigado pelo apoio! A ROM quando comprei ainda não tinha a Global, então veio a Shop ROM. Porém agora está muito simples para instalar a Global usando o Mi Tools. Só instalar, plugar o telefone, ativar modo desenvolvedor e depuração USB, o resto o programa faz sozinho!

      Lembrando que essa questão de Shop ROM é só nos Xiaomi. No OnePlus 3T por exemplo não tem, já vem com ROM Global oficial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here