A luta pelo melhor posto de maior desenvolvedora de smartphones do mundo está cada vez mais acirrada. O mercado exige sempre um smartphone mais potente, mais rápido, com melhor tela e que seja o primeiro a apresentar uma novidade, e para isso a Samsung não poupa esforços.

A ideia de recargar o smartphone sem a necessidade de fios vem sendo trabalhada por varias gigantes do mercado, já que as aplicações comerciais seriam bastante interessantes. Imagine você chegar em um restaurante onde todas as mesas possuíssem as bases de recarga Wireless compatíveis com qualquer smartphone, você com certeza não precisaria mais se preocupar em ficar sem carga na bateria.

A Samsung é uma das empresas que mais vem investindo nesta tecnologia, totalizando cerca de 4 milhões de dólares em investimentos (mais de 8,8 milhões de reais). Apesar de parecer pouco para uma empresa do port da Samsung, esta é uma ação de grande importância para o desenvolvimento dessa tecnologia.

O investimento da gigante coreana foi direcionado para a PowerbyProxy, uma empresa dedicada no desenvolvimento de recarga wireless, onde Michael Pachos, da Samsung Ventures Investment Corporation – SVIC, agora passa a fazer parte da junta diretiva da PowerbyProxy.

No desenvolvimento do Wireless Charging, existem 3 grandes grupos rivais, onde a Samsung e a Qualcomm são dois deles que já possuem um produto mais avançado, porém incompatível entre si. Por outro lado, a PowerbyProxy faz parte da Wireless Power Consortium e do padrão Qi.

Os demais grupos estão ligados a Aliança pela Energia Wireless – A4WP e ao Power Matters Alliance – PMA, junto a gigantes como Toshiba, Pantech e ZTE. Até semana passada a Qualcomm não formava parte desse grupo, mas o WPC agora também faz parte dele, passando a apoiar também o padrão Qi, com isso espera-se uma futura compatibilidade entre as tecnologias da Samsung e Qualcomm muito em breve.

Enquanto alguns já tomaram posição em busca dessa tecnologia, a tecnologia que vem sendo empregada a alguns dispositivos da Google, Nokia, LG e outros estão dentro do padrão Qi do WPC. Será que essa tecnologia terá tanta utilidade e tantas outras gigantes do mercado trabalhando em conjunto no seu desenvolvimento?

Fonte:  Android Ayuda

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here