Vendas do Galaxy S9 atingem recordes negativos na Coréia do Sul

Há pouco tempo, a Samsung disse que espera que as vendas do Galaxy S9 ultrapassem os valores obtidos pelo Galaxy S8, mas de acordo com um novo relatório, a Coréia do Sul, país sede da empresa, talvez não ajude muito a alcançar esse objetivo. As vendas do novo flagship da sul-coreana atingiram recordes negativos em relação ao seu antecessor.

Os números registrados pelas três maiores operadoras da Coréia do Sul – SK Telecom, LG Uplus e KT – revelaram que o S9 vendeu apenas 707 mil unidades nos últimos dois meses. Este é o valor mais baixo na história da linha Galaxy S da Samsung. No mesmo período do ano passado, o Galaxy S8 registrou quase 1 milhão de unidades vendidas. Neste mês, os números continuaram caindo, dado que o Galaxy S9 conseguiu vender 231 mil unidades, em comparação com as 476 mil de março.

VEJA TAMBÉM

Imagem: SlashGear

Esta não é a primeira vez que ouvimos sobre a dificuldade do S9 em vender na Coréia do Sul. Relatórios anteriores indicaram que os sul-coreanos não estão muito interessados nos modelos deste ano. Atualmente, o Galaxy A8 (2018) é o smartphone mais vendido da Samsung em sua terra natal.

Analistas acreditam que a falta de mudanças significativas em relação a versão anterior e o preço alto levaram a esse “caos”. Outro smartphone que também amarga baixa nas vendas na Coréia do Sul é o iPhone X. O décimo iPhone da maça conseguiu apenas 475 mil unidades vendidas desde seu lançamento em novembro de 2017.

Via
SamMobile

Você vai gostar

Deixe uma resposta

Close
Close