A Xiaomi, uma grande fabricante de smartphones da China, já está planejando a sua entrada no comércio brasileiro há algum tempo, mas parece que os planos estão um pouco atrasados. Os produtos da fabricante são bem conhecidos no comércio asiático, e não é para menos, com o preço como um dos principais atrativos de seus produtos, a Xiaomi é uma marca muito bem consolidada por lá.

Mas não é só pela China que ela quer ser reconhecida, além do Brasil, a Xiaomi também planeja sua expansão para Indonésia e Índia, e para isso a empresa até contratou o brasileiro Hugo Barra, ex-funcionário do Google e um dos encarregados pelo setor Android da empresa, para ser vice-presidente e é o próprio que confirma a demora para chegar ao nosso mercado, mas justifica que essa demora se dá pelo fato de que a Xiaomi se esforça para trazer todos os seus produtos para um novo mercado de uma só vez.

Porém, ao que tudo indica, teremos nas prateleiras das lojas por aqui produtos da Xiaomi em meados da metade de 2015.

Fonte

COMPARTILHE
Estudante de Bacharelado em Ciência da Computação, 20 anos, colaborador do Tudo em Tecnologia trazendo dicas e novidades das plataformas móveis: Android, Windows Phone e iOS.

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu espero que a Xiaomi não venda produtos em lojas físicas, assim ela conseguirá mantar os preços mais baixos. Lá na China as vendas são exclusivamente online pra poupar custos. Que seja assim também aqui.

Deixe uma resposta